00:31 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0163
    Nos siga no

    Utilização de caças F-18 Super Hornet em caso de um possível conflito com a Rússia ou China torna os porta-aviões dos EUA vulneráveis a ataques de longa distância devido ao curto alcance destes caças, escreve o portal Military Watch.

    A fim de reduzir os custos operacionais, o F-18 Super Hornet está sendo usado como substituto de várias aeronaves embarcadas em porta-aviões, incluindo o A-6 Intruder e o interceptador de longo alcance F-14 Tomcat, escreve portal.

    Como resultado, essa medida reduziu em 77% o alcance das alas aéreas embarcadas, o que foi considerado aceitável no mundo pós-Guerra Fria como um sacrifício necessário para livrar a Marinha dos EUA de enormes custos operacionais dos caças F-14.

    Os Super Hornet foram criticados por seu alcance reduzido, e a Marinha dos EUA planejava introduzir uma variante de caça de maior alcance.

    No entanto, os F/A-18F Super Hornet não estavam equipados com tanques de combustível conformes.

    F/A-18 Hornet pousando na plataforma do USS Ronald Reagan
    © REUTERS / Kim Hong-Ji
    F/A-18 Hornet pousando na plataforma do USS Ronald Reagan

    No final de agosto de 2021 havia indícios de que a Marinha dos EUA planejava reduzir os custos de aquisição do novo Super Hornet acabando com os planos para integrar os novos tanques de combustível, com a fabricante Boeing anunciando que não esperava entregar nenhum jato com capacidade aumentada de tanque de combustível.

    O cancelamento dos planos para aumentar o alcance dos novos Super Hornet tem consequências significativas para a viabilidade dos porta-aviões dos EUA como recursos de projeção de poder.

    O jornal aponta que a Rússia China e a Coreia do Norte possuem armamentos antinavio mais eficazes, destacando que tal desvantagem obrigaria os grupos de porta-aviões a lançarem suas aeronaves de muito mais longe em caso de confronto com um adversário de alto nível.

    Mais:

    Helicópteros dos EUA simulam 'cenário de guerra' no Brasil (VÍDEOS)
    VÍDEO da Boeing mostra apresentação oficial do novo caça F-15QA no Catar
    Mídia: tropas da China em alerta máximo durante passagem de navios dos EUA pelo estreito de Taiwan
    Tags:
    porta-aviões, Marinha dos EUA, caças, China, Rússia, sistema antinavio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar