04:10 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    227
    Nos siga no

    A Coreia do Sul planeja desenvolver novos mísseis com poder de destruição significativamente melhorado após a recente suspensão das restrições dos EUA com relação ao desenvolvimento de mísseis no país.

    O Ministério da Defesa sul-coreano, citado pela agência de notícias Yonhap, revelou o projeto para 2022-2026, e afirmou que vai desenvolver novos interceptadores contra ameaças de artilharia de longo alcance, bem como atualizar o sistema Patriot para elevar suas capacidades de defesa de mísseis.

    "Nós vamos desenvolver mísseis mais fortes, de mais longo alcance e mais precisos para exercer a dissuasão e garantir a segurança e a paz na península Coreana", reportou o ministério.

    Recentemente, a Coreia do Sul e os EUA acordaram a suspensão das restrições das "diretrizes de mísseis", que impediam os sul-coreanos de desenvolver ou possuir mísseis balísticos de alcance maior que 800 quilômetros.

    A Defesa sul-coreana informou que os novos mísseis serão capazes de destruir túneis e prédios inimigos com alta precisão.

    Além disso, para melhor detecção de ameaças ao longo da península Coreana, os militares implantarão sistemas de radar de alerta precoce de mísseis e fortalecerão as capacidades de vigilância do país.

    Mais:

    Caça F-16 dos EUA perde tanque de combustível durante treinamento na Coreia do Sul (VÍDEO)
    Em meio a tensões com Japão, Coreia do Sul realiza exercícios militares em território disputado
    Coreia do Sul pretende criar sua versão do sistema de defesa aérea israelense Cúpula de Ferro
    Tags:
    míssil, míssil balístico, míssil hipersônico, equipamento militar, equipamentos militares, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar