15:11 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    10602
    Nos siga no

    Com a retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão, iniciada em maio, o Talibã tem avançado contra as forças do governo afegão, assumindo o controle de mais de metade do país.

    O comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) do Irã, major-general Hossein Salami declarou na sexta-feira (13) que a fronteira iraniana com o Afeganistão está segura e que o IRGC, a polícia e o Exército estão patrulhando a região, segundo a emissora Press TV.

    "As Forças Armadas estão presentes nas fronteiras orientais do país com prontidão total e vigilância", afirmou o comandante durante coletiva de imprensa.

    Salami ainda afirmou que todos os postos fronteiriços oficiais e não oficiais no leste do país estão sob controle total das Forças Armadas iranianas.

    "As pessoas não devem se preocupar, pois o alcance de nossas observações vai além das fronteiras e estamos monitorando e controlando todos os desenvolvimentos no país vizinho", declarou.

    Na quinta-feira (12), o Irã fechou temporariamente o consulado-geral em Mazar-i-Sharif, movendo-o para Cabul. A missão anunciou que a instituição apenas forneceria os serviços na capital por tempo limitado, e que reiniciaria suas atividades em Mazar-i-Sharif assim que a segurança fosse estabilizada.

    Mais:

    Israel culpa comandante de unidade de drones do Irã por ataque a petroleiro
    Irã possui capacidades de realizar qualquer tipo de operação com drones, afirma general
    Irã qualifica de 'guerra psicológica' alegações de sua responsabilidade por ataques a petroleiros
    Tags:
    Irã, Afeganistão, fronteira, fronteiras, militares, forças militares, Corpo de Guardas da Revolução Islâmica (IRGC)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar