00:45 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2431
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia está desenvolvendo um novo sistema de armas para seus veículos aéreos não tripulados, segundo o jornal Izvestia.

    De acordo com o jornal russo, o projeto, que descreve quais as armas que vão ser utilizadas em cada modelo de drones e para quais missões, recebeu a autorização do Ministério da Defesa russo.

    Ao contrário de seus homólogos estrangeiros, os drones russos, além de armas guiadas, incluindo mísseis de cruzeiro de longo alcance, também receberão armas aéreas não guiadas.

    Uma família de novas bombas e mísseis leves também deve ser desenvolvida especificamente para que os drones destruam alvos próximos às tropas amigas.

    Anteriormente, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, declarou que a Rússia possui drones de ataque capazes de operar a milhares de quilômetros, e que são dotados de armas com alcance operacional de 500 quilômetros ou mais.

    Recentemente, empresa russa Kronstadt lançou ao mercado mundial seu avançado drone de ataque Orion E, dotado de armamento universal.

    Além disso, espera-se que a produção do drone de ataque pesado Okhotnik seja concluída no próximo ano e comece a sua produção em série.

    Mais:

    Drones da Rússia e China podem ser confundidos com OVNIs nos EUA, sugere astrofísico
    Engenheiro revela capacidades únicas do sistema de detecção e neutralização de drones russo ROSC-1
    Sistema Pantsir-S da Síria destrói drone de militantes, informa Rússia
    Tags:
    drone, drones, veículo aéreo não tripulado, mísseis, bombas, foguetes, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar