21:31 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2194
    Nos siga no

    Líder norte-coreano Kim Jong-un discursou em uma reunião de comandantes militares e oficiais políticos do Exército Popular da Coreia (KPA na sigla em inglês) instando-os a estarem prontos para uma resposta ativa às provocações do inimigo, informa a agência norte-coreana KCNA.

    Kim Jong-un exortou os comandantes e oficiais a concentrarem-se na conclusão dos preparativos para responder "ativa e ofensivamente" a qualquer provocação militar por parte dos inimigos ante os exercícios anuais que devem decorrer no próximo mês entre a Coreia do Sul e os EUA, e que Pyongyang considera como um ensaio de invasão.

    "Ao dizer que atualmente as forças hostis continuam reforçando sistematicamente suas capacidades para realizar um ataque preventivo contra a RPDC [Coreia do Norte] e aumentando os armamentos, intensificando todos os tipos de exercícios de guerra frenéticos e persistentes para agressão, ele [Kim Jong-un] observou que tal situação endureceu a determinação e a vontade de luta do KPA para erradicar as causas fundamentais do ciclo malicioso de tensões crescentes", escreve KCNA.
    As manobras militares conjutas dos EUA e a Coreia do Sul (foto de arquivo)
    © REUTERS / Lance Cpl. Carlos Jimenez
    As manobras militares conjutas dos EUA e a Coreia do Sul (foto de arquivo)

    A reunião, que foi realizada entre 24 e 27 de julho, contou com a presença de comandantes militares e comissários políticos de todos os serviços, membros do comitê executivo Comitê do KPA do Partido dos Trabalhadores da Coreia e funcionários do Ministério da Defesa e visava à criação de um Exército unido e leal ao partido.

    Na quinta-feira (29), Seul anunciou a implantação de sistemas avançados de morteiros de 81 milímetros com maior velocidade de disparo e precisão graças às tecnologias de laser e do sistema de posicionamento global.

    Mais:

    Coreias do Norte e do Sul restabelecem linhas de comunicação cortadas há mais de 1 ano
    'Momento crítico': Kim compara situação atual na Coreia do Norte com tempos de guerra
    Washington quer retomar diálogo com Pyongyang sobre desnuclearização, diz mídia
    Tags:
    Coreia do Norte, exercícios militares, EUA, Coreia do Sul, exército
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar