19:47 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2223
    Nos siga no

    Nos próximos meses o drone de ataque russo Orion realizará os primeiros lançamentos de mísseis guiados antitanque Vikhr, informou à Sputnik uma fonte no complexo militar-industrial.

    De acordo com a fonte, estão em curso os trabalhos "de integração de mísseis antitanque modernizados do complexo Vikhr-M no Orion".

    "No outono [primavera no Hemisfério Sul], os drones Orion realizarão em um local de testes os primeiros lançamentos de [mísseis] Vikhr contra alvos terrestres simulando veículos blindados do inimigo", disse o interlocutor.

    A fonte observou que "a integração do [míssil antitanque guiado] Vikhr no Orion aumentará significativamente suas capacidades de destruir veículos blindados no campo de batalha, incluindo os tanques mais avançados e mais fortemente protegidos".

    Informa-se ainda que o referido míssil tem um nível muito elevado de eficiência contra alvos blindados em movimento, com uma taxa de impacto bem-sucedido superior a 80%.

    Drone russo Orion no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2021, 21 de julho de 2021
    © Sputnik / Pavel Bednyakov
    Drone russo Orion no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2021, 21 de julho de 2021

    O oficial acrescentou que uma aeronave não tripulada Orion será capaz de transportar dois mísseis guiados Vikhr, que são fixados nos pilones sob a asa.

    De acordo com o consórcio russo Kalashnikov, que fabrica os mísseis modernizados, os Vikhr conseguem atingir com alta precisão alvos a uma distância de até dez quilômetros e são capazes de perfurar até 750 milímetros de blindagem homogênea por trás de proteção dinâmica.

    A altitude máxima de lançamento do míssil é de 4 km. Atualmente, os mísseis Vikhr são lançados por helicópteros de ataque Ka-52.

    O Orion pode permanecer no ar durante 24 horas. A altitude máxima de voo é de 7.500 metros, atingindo a velocidade de 200 km/h.

    Mais:

    Sistema Pantsir-S da Síria destrói drone de militantes, informa Rússia
    FOTO de satélite revela que China estaria construindo mais 110 silos de mísseis balísticos
    Engenheiro revela capacidades únicas do sistema de detecção e neutralização de drones russo ROSC-1
    Tags:
    mísseis antitanque, Orion, drone, veículos blindados, tecnologia militar, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar