09:32 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0473
    Nos siga no

    Especialistas russos continuam aperfeiçoando os elementos do complexo óptico e de radar ROSC-1, projetado para proporcionar um controle integrado da situação aérea para a detecção e identificação de diferentes tipos de aeronaves, incluindo drones de pequeno porte e baixa velocidade.

    De acordo com Vladislav Atryakhin, engenheiro de software da empresa desenvolvedora russa Almaz, as principais diferenças entre ROSC-1 e outros sistemas similares é a existência de um radar compacto com um alcance de 25 km, a óptica de alta qualidade e o drone Volk-18, que pode neutralizar drones inimigos com redes especiais ou abalroá-los.

    Além disso, o ROSC-1 é capaz de interceptar canais de controle de drones inimigos, bloquear sinais GPS e dar-lhes coordenadas falsas.

    Especialistas da empresa russa estão trabalhando no aprimoramento de certos elementos do sistema de radar e óptico de segurança e neutralização de drones ROSC-1.

    "Já podemos dizer que o cliente recebe um sistema pronto, capaz de operar de modo automático, ou seja funcionar sem operador. Foram realizados muitos testes diferentes, e foi demonstrado um grande interesse por parte de entidades militares da Rússia", disse engenheiro ao portal RT.
    Teste da aeronave não tripulada RQ-11B Analog Raven Systems
    © AFP 2021 / LIU JIN
    Teste da aeronave não tripulada RQ-11B Analog Raven Systems

    O complexo foi sobretudo projetado para detectar e neutralizar meios aéreos de pequeno porte. O site da companhia indica que o ROSC-1 é capaz de neutralizar eficazmente drones do tipo RQ-11B Raven e RQ-7 Shadow.

    O complexo tem capacidade de providenciar segurança em um raio de 2-4 quilômetros do objeto a proteger. A estação pode ser montada em um caminhão (versão móvel) e também tem uma versão fixa.

    "Nosso radar tem um alcance de 25 km, enquanto o raio máximo de detecção de outros aparelhos semelhantes é limitado a 5-10 km", explicou Atryakhin.

    Segundo o engenheiro, a principal arma do ROSC-1 é o conjunto de dispositivos de supressão que permite cumprir várias tarefas em simultâneo no combate a drones.

    Mais:

    MAKS 2021: Rússia revela protótipo de seu mais novo caça leve Checkmate (FOTO, VÍDEO)
    Sistema de radar bistático Struna-1 russo representa ameaça para caças furtivos da OTAN, diz mídia
    Rússia planeja implantar em bases militares no Ártico avançados aviões de reconhecimento A-50U
    Tags:
    Rússia, tecnologia militar, drones, avião de reconhecimento, GPS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar