05:55 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3414
    Nos siga no

    O projeto tem como objetivo avaliar os processos e procedimentos caso a maleta com os códigos nucleares se "perca, seja roubada ou esteja em perigo".

    O escritório do inspetor-geral do Departamento de Defesa dos EUA vai avaliar os procedimentos estabelecidos para o caso de perda ou roubo da maleta nuclear, que está sempre junto do presidente e vice-presidente e contém o equipamento necessário para autorizar um ataque nuclear de forma imediata.

    Ao anunciar a avaliação em um comunicado, o Pentágono não entrou em detalhes sobre quando isso vai acontecer.

    O fato é que muitas questões sobre os protocolos de segurança da maleta nuclear surgiram depois que os participantes na insurreição do dia 6 de janeiro, no Capitólio norte-americano, ficaram a aproximadamente 30 metros da maleta.

    As imagens daquele dia mostram um oficial militar transportando a maleta enquanto conduzia o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e sua família, acompanhados por agentes do Serviço Secreto, até uma escada fora do alcance dos manifestantes.

    A avaliação do inspetor-geral do Departamento de Defesa dos EUA tem como objetivo "determinar até que ponto os processos e procedimentos do Departamento de Defesa estão em vigor e são adequados para alertar os funcionários caso uma maleta se perca, seja roubada ou comprometida.

    "Esta avaliação também determinará a adequação dos procedimentos que o Departamento de Defesa desenvolveu para responder a tal evento", adicionou a entidade.

    A agência, no entanto, não anunciou quanto tempo levará o processo de avaliação ou se há um prazo. Segundo o comunicado, os objetivos do projeto podem ser revisados para incluir problemas adicionais, caso venham a surgir.

    Mais:

    EUA dão à Ucrânia novo pacote de ajuda militar no valor de US$ 150 milhões, diz Pentágono
    Auditoria do Pentágono libera uso governamental de drones fabricados na China vetados em 2019 (FOTO)
    Pentágono emite diretiva para acelerar contenção da China 'como principal desafio dos EUA'
    Tags:
    nuclear, EUA, EUA, Departamento de Defesa dos EUA, Pentágono
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar