03:46 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6593
    Nos siga no

    O Type 003, de 318 metros de comprimento, está em fase avançada de construção e poderá ser completado antes do final de 2021, de acordo com o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS, na sigla em inglês).

    Uma imagem de satélite capturada em 12 de julho revelou "progresso considerável" na construção do porta-aviões Type 003, relatou na quarta-feira (14) o think tank norte-americano Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS, na sigla em inglês).

    Imagens de satélite do terceiro porta-aviões da China revelam que a construção do convés de voo, da superestrutura e dos estabilizadores laterais está quase completa. Quando a embarcação estará pronta para lançamento?

    Comentando a imagem, o CSIS diz que construção da superestrutura básica do navio de guerra está praticamente completa e que o Type 003 contará com três "pistas" para a operação de seu sistema de lançamento por catapulta, cada uma com 105 metros.

    Além disso, nota o CSIS, os dois elevadores do porta-aviões chinês são mais largos que os do seu antecessor, o Shandong. O comprimento total do Type 003 atinge 318 metros.

    O navio poderá estar pronto no final de 2021, antecipando o prazo de 2022, e provavelmente será enviado a um estaleiro naval na região de Jiangnan para  equipamento adicional, na opinião da fonte, que promete publicar mais imagens.

    O Type 003 será o segundo porta-aviões construído pelo país asiático e o maior navio de todos os tempos da Marinha da China.

    Pequim tem realizado esforços significativos de modernização de suas Forças Armadas, criando "um Exército extraordinariamente capaz" após décadas de modernização e gastando bilhões de dólares em novas armas.

    Mais:

    Novo porta-aviões Type 003 da China entra em fase final de produção (FOTOS)
    China está testando impressionante arma naval automática de 20 canhões rotativos (FOTOS)
    China expande sua base naval na África para abrigar porta-aviões, diz comandante dos EUA
    Tags:
    Shandong, Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), Twitter, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar