19:11 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 29
    Nos siga no

    O novo Interditor Ofuscante Óptico (ODIN na sigla em inglês) desenvolvido pela Marinha dos EUA foi fotografado instalado no convés do destróier de mísseis guiados USS Stockdale, da classe Arleigh Burke.

    Imagens publicadas nesta semana pela Marinha dos EUA apresentam a vista mais detalhada até o momento do complexo ODIN instalado no pedestal dianteiro do sistema de armas para defesa aproximada.

    ODIN é um sistema de laser de baixa potência desenvolvido para cegar ou confundir os sensores eletro-ópticos e infravermelhos dos sistemas de orientação dos mísseis atacantes ao projetar contra eles um raio laser "ofuscante".

    Imagens publicadas nesta semana pela Marinha dos EUA oferecem a visão mais detalhada até agora do novo Interditor Ofuscante Óptico (ODIN) em uma configuração operacional. A arma de energia dirigida foi vista a bordo do destróier de mísseis guiados USS Stockdale, da classe Arleigh Burke.

    O dispositivo também inclui um sistema de câmera de alta potência que pode ser usado para outros propósitos, além de seu papel principal no direcionamento do raio laser para ofuscar os alvos.

    Ao receber este sistema os destróieres da classe Arleigh Burke ganharam um sensor óptico adicional de alta potência, escreve portal The Drive.

    O ODIN é apenas um elemento da família de lasers navais (NLFoS, na sigla em inglês). Além de cegar ou confundir os sistemas de orientação dos mísseis entrantes, outro laser de alta energia trata de destruí-los de acordo com a prioridade estabelecida pelo sistema.

    Mais:

    Marinha dos EUA envia navio de transporte rápido expedicionário ao mar Negro (FOTO)
    Marinha dos EUA intensifica atividades de espionagem no mar do Sul da China
    Submarino russo vigiou grupo de ataque de porta-aviões da Marinha Real britânica, diz mídia
    Tags:
    Marinha dos EUA, arma a laser, mísseis guiados, Destróier Ariugh Burke
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar