12:44 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 517
    Nos siga no

    Um think tank de Pequim, a Iniciativa de Sondagem Estratégica da Situação do Mar do Sul da China (SCSPI), está observando um crescimento das atividades de reconhecimento da Marinha dos EUA nesta região.

    De acordo com o think tank, citado pelo jornal Global Times, os EUA estão intensificando as atividades de navios de reconhecimento no mar do Sul da China para monitorar os submarinos chineses e fornecer apoio de inteligência antissubmarino. Cinco navios de vigilância oceânica realizam missões na região, indica a SCSPI.

    Para os especialistas chineses, a ação representa uma ameaça significativa não apenas para os submarinos do Exército de Libertação Popular (ELP) da China como também para seus mísseis nucleares baseados em submarinos.

    O aumento das atividades norte-americanas, além de servir para monitorar as embarcações chinesas e estabelecer as rotas frequentemente utilizadas, também visaria fornecer apoio de inteligência antissubmarino, escreve o Global Times.

    Além disso, os norte-americanos estariam coletando informações ambientais subaquáticas para serem usadas em futuras pesquisas e ataques contra o ELP, ressalta o especialista Song, citado pelo jornal chinês.

    De acordo os militares chineses, os locais de maior interesse das embarcações norte-americanas têm sido as ilhas Paracel e Zhongsha.

    Mais:

    Pequim expulsa destróier dos EUA que navegava perto das ilhas Xisha, no mar do Sul da China
    Mar do Sul da China: Marinha dos EUA nega ter sido expulsa pela China de águas territoriais chinesas
    Duterte proíbe ministros das Filipinas de falarem publicamente sobre mar do Sul da China
    Tags:
    Mar do Sul da China, China, navio, navios, embarcações, submarino, submarinos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar