10:41 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1403
    Nos siga no

    Caças-bombardeiros da aviação naval do Exército de Libertação Popular (ELP) da China realizaram recentemente exercícios de bloqueio de navios por meio de minas marítimas, cujo objetivo é deter ou dificultar a navegação de embarcações hostis.

    De acordo com o jornal chinês Global Times, o Comando do Teatro Norte do ELP realizou uma série de exercícios em uma área não revelada no mar de Bohai.

    Durante os exercícios, diversos caças-bombardeiros JH-7 realizaram manobras a baixas altitudes para não serem detectados pelos radares, penetrando nas defesas aéreas inimigas e lançando minas marítimas nas áreas designadas.

    "Simulamos um cambo de batalha realista focado no treinamento furtivo, penetração nas defesas a baixa altitude e utilização de múltiplos tipos de munições", afirmou Wang Wei, líder do grupo de aviação.

    A colocação de minas navais por bombardeiros é uma forma muito eficaz de bloquear uma grande área marítima.

    Este tipo de operações é importante em um possível cenário de intervenção estrangeira em Taiwan, pois bloquearia temporariamente os navios inimigos, dando oportunidade e tempo para que as tropas de assalto chinesas chegassem à ilha, segundo um especialista citado pelo Global Times.

    Além disso, os exercícios testaram a resistência dos pilotos das aeronaves, bem como o apoio logístico da base. Também foi avaliada a versatilidade das aeronaves.

    Mais:

    China eleva capacidades de combate de caças para voarem em condições adversas, diz mídia
    Índia culpa China por 'perturbar a paz em Ladakh' e violar pactos bilaterais
    Novo navio anfíbio Hainan treina com helicópteros e impressiona militares chineses (VÍDEO)
    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, caça-bombardeiro, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar