12:54 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6515
    Nos siga no

    Uma extensa, remota e misteriosa área de terreno localizada na província chinesa de Xinjiang desencadeou novas especulações que Pequim possa ter criado sua própria "Área 51", onde estaria trabalhando no desenvolvimento de aeronaves militares não tripuladas.

    A Área 51 original é uma instalação classificada da Força Aérea dos EUA localizada na vasta zona militar Nevada Test and Training Range, sendo frequentemente considerada local de desenvolvimento e condução de testes de aeronaves experimentais e novos sistema de armas.

    A edição War Zone compartilhou imagens de satélite feitas em 1º de junho, obtidas pela empresa norte-americana Planet Labs, que mostram a base de testes secreta da China perto da cidade de Malan, na província de Xinjiang.

    Na referida província existe também uma instalação chinesa de testes nucleares, em Lop Nur, criada em 1959 onde foram realizados cerca de 45 testes nucleares antes de cessar as operações em 1996.

    A edição dos EUA sugere ter identificado uma série de protótipos de drones da Força Aérea do Exército Popular de Libertação (EPL) com um caça tripulado J-16 Flanker na pista de pouso e decolagem.

    Nas mais recentes imagens do aeródromo de Malan em Xinjiang, um caça J-16, que estaria passando por determinados novos testes possivelmente ligados à introdução de métodos de inteligência artificial, surge junto com veículos aéreos não tripulados.

    Enquanto as imagens de aeronaves não tripuladas no local não são uma novidade, o que chamou a atenção dos especialista foi a combinação de aeronaves não tripuladas e tripuladas na base.

    "À primeira vista, pensamos que poderia ser um aparelho aéreo não tripulado ou opcionalmente tripulado derivado do Flanker que estaria passando por testes ou tivesse algo a ver com um agrupamento aéreo de aeronaves tripuladas e não tripuladas", comentou o colunista da War Zone Tyler Rogoway.

    O portal sugere que possa estar em andamento um programa de implementação de inteligência artificial (IA).

    Cerca de 200 km a sudeste de Lop Nur, existe uma instalação mais estranha ainda, que estaria passando por vastos trabalhos de expansão. As primeiras evidências disso foram relatadas em 2016.

    As três pistas de decolagem de 5 km de comprimento cada uma estão posicionadas em uma formação triangular, segundo apontam imagens de satélite fornecidas pela empresa comercial Maxar para a organização NPR.

    Mais:

    Israel usou enxames de drones de IA em conflito com Gaza e pode repetir caso precise com Hezbollah
    Exército da China encerra vasta área no mar Amarelo para conduzir exercícios militares
    Navio de guerra dos EUA entra ilegalmente em águas de ilhas disputadas com China, segundo relatos
    Tags:
    instalações militares, base aérea, China, J-16, Área 51, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar