17:29 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1301
    Nos siga no

    Um caça russo Su-27 escoltou uma aeronave de reconhecimento francesa que se aproximava da fronteira russa na zona do mar Báltico, informou nesta quinta-feira (8) Ministério da Defesa da Rússia.

    Em 8 de julho, os meios russos de controle do espaço aéreo identificaram uma aeronave se aproximando das fronteiras do país sobre as águas neutras do mar Báltico.

    A fim de identificar o alvo e impedir a violação da fronteira nacional da Rússia, foi enviado um caça Su-27 da aviação naval e defesa antiaérea da Frota do Báltico.

    "A tripulação do caça russo identificou o alvo aéreo como sendo uma aeronave de reconhecimento Atlantic-2 da Força Aérea da França e a escoltou sobre as águas do mar Báltico", aponta o comunicado.
    Aeronaves da Frota russa do Mar Báltico treinando ataques contra alvos navais
    © Foto / Ministério da Defesa da Rússia
    Aeronaves da Frota russa do Mar Báltico treinando ataques contra alvos navais

    O Ministério da Defesa nota que não houve violação da fronteira russa, acrescentando que o voo do caça Su-27 foi realizado em estrita conformidade com as regras internacionais.

    O incidente ocorre poucos dias depois que dois caças russos Su-30 decolaram por um motivo semelhante, para impedir que um avião P-8 Poseidon dos EUA entrasse no espaço aéreo russo sobre o mar Negro.

    Vale destacar que, desde 2014, os EUA e seus aliados têm intensificado as atividades de reconhecimento perto das fronteiras russas, em especial no mar Báltico e mar Negro.

    Mais:

    China publica VÍDEO de interceptação de caças e alerta para 'manobras arriscadas dos EUA'
    Caça russo Su-30 intercepta 3 aeronaves militares da França sobre o mar Negro (VÍDEO)
    VÍDEO mostra teste da Defesa de Israel derrubando drones com laser instalado em avião
    Tags:
    Frota do Mar Báltico, Rússia, voo de reconhecimento, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar