20:58 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7636
    Nos siga no

    Tripulações de navios da Marinha da Rússia realizaram exercícios no mar Mediterrâneo sob a vigilância de um caça F-35 baseado no porta-aviões britânico HMS Queen Elizabeth.

    As tripulações de cinco navios da Marinha russa resistiram ao ataque de um inimigo hipotético e realizaram treinamento dos meios de defesa antiaérea durante os exercícios no mar Mediterrâneo.

    As imagens publicadas pelo Ministério da Defesa da Rússia mostram um caça F-35 de quinta geração vigiando as manobras. O vídeo revela as ações do F-35, que primeiro sobrevoou os navios da Marinha da Rússia e depois seguiu os aviões russos.

    O cruzador de mísseis Moskva, as fragatas Admiral Essen e Admiral Makarov, bem como os submarinos Stary Oskol e Rostov-na-Donu participam dos exercícios. As tripulações resistiram aos ataques aéreos do inimigo hipotético.

    Aviões antissubmarino Tu-142MK e Il-38, bombardeiros de longo alcance Tu-22M3 e caças interceptadores e portadores de mísseis hipersônicos MiG-31K também participaram das manobras.

    O grupo de porta-aviões britânico com seu navio-almirante HMS Queen Elizabeth está no mar Mediterrâneo ao sul de Chipre, perto da área dos exercícios russos. Dez F-35 norte-americanos estão embarcados no porta-aviões sob comando britânico.

    Mais:

    Nova versão de submarino chinês Type 039 surpreende ao surgir com design incomum (FOTO)
    Exército da Rússia será equipado em breve com novos tipos de armamentos, afirma Putin
    Rússia verifica prontidão de sistemas S-400 na Crimeia em meio ao exercício da OTAN Sea Breeze
    EUA divulgam VÍDEO de ataques aéreos conduzidos contra 'milícias sírias apoiadas pelo Irã'
    Alta velocidade e furtividade: China anuncia plano para novo helicóptero com tecnologias de ponta
    Tags:
    caça, porta-aviões, Rússia, Reino Unido, F-35, avião, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar