14:16 04 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3422
    Nos siga no

    Operação teve como objetivo "interromper os ataques" de movimentos radicais contra os interesses de Washington no Iraque, segundo militares norte-americanos.

    O Departamento de Defesa dos EUA divulgou imagens dos ataques aéreos conduzidos por suas forças militares no dia 27 de junho contra supostas "instalações utilizadas por grupos de milicianos apoiados pelo Irã" próximo da fronteira entre o Iraque e a Síria.

    Além disso, o Pentágono afirmou que estes alvos "foram selecionados porque estas instalações são utilizadas por milícias apoiadas pelo Irã, envolvidas em ataques com veículos aéreos não tripulados contra o pessoal e instalações norte-americanas no Iraque".

    Os bombardeios norte-americanos, definidos como "uma mensagem dissuasiva clara e inequívoca", foram direcionados contra os grupos armados Kata'ib Hezbollah e Kata'ib Sayyid al-Shuhada.

    A ação militar foi destinada a "interromper e dissuadir os ataques" de movimentos radicais apoiados por Teerã que têm como alvo os interesses de Washington no Iraque, segundo o Departamento de Estado.

    Mais:

    Marinha russa monitora destróier USS Ross dos EUA, que entrou no mar Negro
    Sem ajuda dos EUA, 'Daesh teria sido eliminado há muito tempo', diz MRE da Síria
    Rússia, China e Irã humilham EUA durante presidência de Biden, diz Trump
    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, bombardeio, bombardeios, ataque aéreo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar