14:41 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3362
    Nos siga no

    Recentemente, a China publicou um vídeo de seus caças que decolaram para interceptar aeronaves militares estrangeiras na região do mar do Sul da China.

    O episódio ocorreu em maio de 2020, contudo as imagens só foram divulgadas agora. Analistas citados pelo jornal Global Times consideram a publicação um alerta para os EUA, tendo em conta as manobras "arriscadas e provocativas" que os militares americanos realizam na região disputada.

    As aeronaves militares estrangeiras foram avistadas enquanto realizavam voos de reconhecimento próximo do território chinês.

    Após a detecção das aeronaves, um grupo de caças chineses foi enviado para realizar a sua interceptação e expulsão.

    "Fala a Força Aérea do ELP. Você está prestes a entrar no espaço aéreo chinês. Retire-se imediatamente!", alerta o piloto chinês durante a comunicação de rádio em inglês e chinês.

    Apesar do alerta, os aviões estrangeiros insistiram em se aproximar do território chinês, contudo, posteriormente, deixaram a área.

    A identidade das aeronaves não foi revelada, mas especialistas acreditam que pudessem pertencer aos EUA, já que os norte-americanos realizam frequentemente missões de reconhecimento na região.

    O vídeo é considerado um forte sinal de alerta aos EUA, advertindo para os riscos das atividades militares conduzidas pelos norte-americanos.

    Mais:

    Grupo de porta-aviões dos EUA ingressa no mar do Sul da China (FOTOS)
    China rebate G7: já passou o tempo em que decisões globais eram ditadas por pequeno grupo de países
    Yuan pode se tornar 'moeda de escolha' no mundo até 2050, opina presidente de banco chinês
    Tags:
    avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, Mar do Sul da China, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar