02:43 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5302
    Nos siga no

    A Saab informou que vai entregar seis caças Gripen E para o Brasil e a Suécia em 2021, enquanto a fabricante planeja conquistar oportunidades adicionais para exportações do modelo de nova geração.

    De acordo com a Saab, quatro aeronaves serão entregues à Força Aérea Brasileira neste ano, enquanto que outros dois serão destinados à Suécia.

    "Nós estamos cumprindo o cronograma que foi combinado com nossos clientes [...] É muito importante para nós entregar o sistema de armas completo", afirmou Jonas Hjelm, chefe dos negócios aeronáuticos da Saab.

    Ao ser questionado sobre o aumento do compromisso brasileiro com o caça F-39E/F, como o caça é denominado no Brasil, Hjelm afirmou que o país tem a intenção de adquirir mais caças da empresa sueca.

    "Ainda não houve uma comunicação oficial ou qualquer negociação sobre quando isso pode acontecer [...] Nós precisamos entregar nosso primeiro contrato [...]", explicou.

    O Brasil adquiriu 36 aeronaves por 39,3 bilhões de coroas suecas (R$ 25,8 bilhões, se fossem pagas hoje) em 2014, das quais 15 serão produzidas na unidade de Gavião Peixoto da Embraer.

    Produzido pela fabricante sueca Saab, o Gripen é considerado um bom avião de combate, fácil de pilotar, e sua compra pelas Forças Armadas é apontada como um ótimo custo-benefício, por ser mais barato do que alguns concorrentes e envolver transferência de tecnologia.

    Mais:

    Especialista analisa modernização da Defesa brasileira com incorporação dos caças Gripen
    FOTOS e VÍDEO mostram 1º voo do caça Gripen da FAB nos céus do RJ
    Venezuela precisa de novas aeronaves para conter caças Gripen do Brasil, segundo revista americana
    Tags:
    SAAB, Força Aérea Brasileira (FAB), avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar