04:29 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 422
    Nos siga no

    Ainda não há confirmação de que tipos de aeronaves as novas instalações abrigam mas já se sabe que são de alta segurança.

    A base aérea de Luhe-Ma'n, localizada na província chinesa de Jiangsu, foi modernizada, se tornando uma instalação secreta com um grande hangar e uma série de edifícios auxiliares, revela o portal The Drive. A mídia publica imagens de satélite obtidas pela empresa norte-americana Planet Labs e o Google Earth.

    As instalações possuem um nível adicional de segurança, apesar de estarem dentro de uma base aérea. Além disso, estão separadas do resto da base por duas linhas de cerca, várias torres de guarda e vários portões separados que levam à pista de circulação da base aérea. Segundo estimações do portal, o hangar tem 80 metros de comprimento e cerca de 75 metros de largura.

    Permanece pouco claro qual é o propósito desta instalação e por que possui uma segurança tão reforçada, não havendo informações visuais suficientes que possam indicar para que exatamente é utilizada.

    ​Imagens de satélite mostram um hangar invulgar e uma instalação auxiliar construídos na base aérea de Luhe-Ma'n do Exército Popular de Libertação, cerca de 48 km ao norte da cidade de Nanjing. Esta instalação é independente e separada da base principal.

    A base aérea de Luhe-Ma'n atualmente abriga o 29º e 30º regimentos aéreos da Força Aérea da China e pertence ao teatro de operações oriental do Exército da Popular de Libertação (EPL).

    Além do mais, o portal menciona informações que surgiram recentemente de que o 30º regimento teria recebido um WZ-8, um drone de reconhecimento de alta velocidade e elevada altitude, movido a foguetes e lançado no ar a partir de bombardeiro nuclear H-6N.

    Por enquanto, não há muitas informações relativamente ao drone, que ainda não teria entrado em produção em massa. Supõe-se que o 30º regimento aéreo possa estar testando esse aparelho antes de sua implantação na Força Aérea da China, não havendo ainda confirmação oficial.

    Mais:

    Mais pressão sobre Biden? FOTOS de satélite sugerem nova atividade nuclear da Coreia do Norte
    Ataque a Natanz foi supostamente planejado 'muito antes' das negociações de Viena, diz mídia
    FOTO de satélite revela que novo porta-aviões da China alcançou a classe Ford dos EUA
    Tags:
    instalações militares, Exército Popular de Libertação (ELP), China, drones, bombardeiro nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar