01:32 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8451
    Nos siga no

    Comentando a recente publicação americana sobre as capacidades de seu míssil hipersônico LRHW no caso de um conflito com a Rússia, fonte da indústria de defesa russa revelou que o sistema S-500 é capaz de o interceptar.

    As capacidades do sistema de defesa antimíssil russo S-500 permitem com grande probabilidade interceptar alvos como os blocos hipersônicos do sistema LRHW (Arma Hipersônica de Longo Alcance) desenvolvido nos EUA, disse à Sputnik uma fonte na indústria de defesa.

    Segundo a revista Popular Mechanics, as Forças Armadas dos Estados Unidos serão equipadas com a arma LRHW, o que permitirá atacar a Rússia do espaço em caso de conflito.

    Supõe-se que a velocidade máxima da ogiva será 17 vezes superior à do som (cerca de 21 mil quilômetros por hora, dependendo das condições atmosféricas), e que poderá atingir alvos a uma distância de até 2,7 mil quilômetros.

    "O mais recente sistema de defesa antimísseis S-500 Prometei é capaz de interceptar armas aeroespaciais hipersônicas em manobra, voando a velocidades ainda maiores. Desta forma, os sistemas americanos LRHW indicados nas publicações da mídia enquadram-se na classe de alvos que o S-500 intercepta com alta probabilidade", disse a fonte.

    Segundo ele, "considerando o fato de que no conceito LRHW a ogiva será um planador deslizante hipersônico pouco manobrável, será fácil de derrubar para o S-500.

    Além disso, a fonte informou que o S-500 possui seu próprio radar móvel para identificar os alvos de tal classe. Isso permite não limitar a defesa antimíssil a uma determinada região.

    O S-500 Prometei, também conhecido como 55R6M Triumfator-M, é um sistema de nova geração que pode interceptar alvos a longa distância e em grande altitude, com um potencial aumentado de defesa contra mísseis. De acordo com os dados de fontes abertas, o alcance do S-500 é de cerca de 600 quilômetros. Suas características ultrapassam o sistema russo S-400 que está em serviço e seu concorrente norte-americano Patriot Advanced Capability-3.

    Mais:

    'Sabotagem subaquática' da OTAN não é algo inesperado para Moscou, dizem especialistas russos
    SBIRS GEO 5: EUA lançam satélite da Força Espacial para rastrear 'ameaças de mísseis' (VÍDEO)
    China contesta passagem de destróier dos EUA pelo estreito de Taiwan
    Marinha dos EUA contraria Congresso e planeja descomissionar navios de combate litorâneos
    Tags:
    defesa antimísseis, míssil hipersônico, Rússia, EUA, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar