21:18 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8233
    Nos siga no

    O general Charles Brown, da Força Aérea norte-americana, falou sobre a intenção dos EUA de reduzirem sua frota de sete para quatro tipos de caças e aviões de ataque ao solo, sendo que um dos descartados é o F-22 Raptor.

    De acordo com o general, o serviço fará um estudo para determinar a melhor combinação de aeronaves, analisando como os caças do futuro poderão ser utilizados com as aeronaves restantes de quarta e quinta gerações.

    "O F-22 será substituído pelo caça do programa de domínio aéreo de próxima geração [NGAD, na sigla em inglês], que voará ao lado do F-35. O F-15EX e o F-16 estarão em operação", afirmou Brown, citado pelo portal Military.com.

    Os especialistas militares norte-americanos estimam que a Força Aérea dos EUA possua 186 caças F-22, de 12 anos de média de idade, sendo uma das aeronaves mais novas do país.

    De acordo com o tenente-general David S. Nahom, apesar de o caça ser a principal plataforma de superioridade aérea dos EUA, ele apresenta uma série de problemas operacionais.

    "As tripulações que voam e as equipes que o mantêm e reparam [o F-22] são simplesmente pessoas incríveis, pois é uma aeronave extremamente difícil de manter e mover", afirmou o tenente-general.

    De acordo com o portal Defense One, a Força Aérea norte-americana planejava criar uma frota de 750 caças F-22, mas a limitou a apenas 187, já que estas aeronaves não corresponderam às expectativas.

    O caça multifuncional F-22 Raptor de quinta geração foi produzido em série de 2005 a 2012. No total, foram montados 187 aviões, sem contar os protótipos. Simultaneamente com o fim da produção de aviões de combate, a produção de motores turborreatores Pratt & Whitney F119-PW-100 de empuxo vetorial também foi finalizada, já que nenhuma nova aeronave, exceto o F-22, utiliza essa unidade propulsora.

    Em 2016, o Congresso dos Estados Unidos considerou restabelecer a produção do F-22, mas o projeto foi rejeitado.

    Mais:

    Força Aérea britânica acionará caças F-35B contra Daesh no Iraque e Síria
    Forças Armadas da Turquia publicam VÍDEO de disparos aéreos contra combatentes curdos no Iraque
    Aumento de voos de aviões russos perto do Alasca 'exige muito' da Força Aérea dos EUA, diz revista
    Tags:
    Força Aérea, EUA, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar