13:29 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 111
    Nos siga no

    O Exército de Libertação Popular (ELP) da China conduziu um exercício de fogo real, onde drones de reconhecimento guiaram helicópteros durante ataques de mísseis contra alvos marítimos além do alcance visual.

    De acordo com o jornal Global Times, o ataque além do alcance visual é uma técnica que pode elevar a eficiência em combate, bem como o potencial máximo dos mísseis e a sobrevivência dos helicópteros.

    Durante o teste, as tropas chinesas lançaram drones de reconhecimento a partir do solo, para, posteriormente, detectar, identificar e rastrear alvos marítimos, enviando os dados ao centro de comando em tempo real.

    Os helicópteros Z-19 então, ao receberem as ordens, decolaram em direção aos alvos, lançando o ataque com base nos dados coletados pelos drones.

    A emissora chinesa CCTV ressaltou que esta técnica reduz significativamente o tempo necessário para um ataque, além de permitir que o helicóptero deixe a zona da missão imediatamente após o ataque.

    A técnica também explora a máxima eficiência dos mísseis, além de apresentar um bom funcionamento em baixas altitudes e condições de baixa visibilidade ou mau tempo, afirmou um especialista militar ao Global Times.

    Durante o exercício, os helicópteros Z-19 ainda praticaram combate aéreo contra alvos de superfície e drones.

    O helicóptero de ataque chinês Z-19 foi desenvolvido pela Corporação Industrial Aeronáutica Harbin (HAMC, na sigla em inglês).

    O helicóptero pode prestar apoio aéreo e destruir veículos blindados do inimigo com seus mísseis ar-terra, incluindo mísseis antitanque, um canhão de 23 mm e outro armamento. Ele também possui contentores de armamento e pode encarregar mísseis ar-ar.

    A HAMC anunciou que o helicóptero é dotado de nova tecnologia Stealth, o que o torna menos visível.

    Mais:

    Caças J-15 da Marinha chinesa embarcados em porta-aviões conduzem exercícios em condições adversas
    Caças britânicos podem realizar ataques simulados a satélites russos e chineses, sugere tabloide
    Taiwan relata que 8 caças chineses entraram na zona de identificação aérea do país
    Tags:
    exercícios táticos, exercício militar, exercícios, China, helicópteros, helicóptero
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar