13:24 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 253
    Nos siga no

    China realizou exercícios militares com o objetivo de demostrar a Taiwan que Pequim tem suficientes meios para recuperar a integridade territorial do país, segundo informou o jornal Global Times.

    Embora a mídia não tenha referido as datas exatas, foi revelado que o treinamento simulou um desembarque organizado pelo Comando do Teatro Oriental do Exército de Libertação Popular (ELP). Vários navios da Marinha chinesa e soldados e equipamento bélico das Forças Terrestres participaram dos exercícios.

    Veículos blindados anfíbios de uma brigada do 72º Grupo de Exércitos, aerodeslizadores de desembarque Type 726 e várias companhias de infantaria foram embarcados em um navio de assalto anfíbio Type 071.

    Logo que o navio de desembarque chegou perto da posição-alvo, soldados das unidades de assalto do ELP que formariam a cabeça de ponte embarcaram nos aerodeslizadores, cada uma destas embarcações transportando também um veículo blindado anfíbio Type 05, depois deixaram o navio e se dirigiram para a praia.

    Após o ataque inicial, os outros veículos blindados anfíbios Type 05, em grande número e não transportados pelos aerodeslizadores, navegaram em direção à praia para estabelecer o controle total sobre a porção do litoral.

    Embarcação de desembarque aerodeslizadora do Comando do Teatro do Sul do Exército de Libertação Popular durante exercícios em 24 de março de 2021
    Embarcação de desembarque aerodeslizadora do Comando do Teatro do Sul do Exército de Libertação Popular durante exercícios em 24 de março de 2021

    As embarcações de desembarque aerodeslizadoras são mais rápidas e mais capazes de atravessar obstáculos que os veículos blindados anfíbios, disse à emissora Televisão Central da China (CCTV) o capitão Xiang Shuhua, comandante de companhia da brigada, citado pelo jornal.

    Outro oficial chinês, o major Liu Wei, subcomandante de batalhão da brigada, afirmou que no exercício se treinou o carregamento e desembarque de carga bélica e também a coordenação entre os diferentes serviços.

    Por sua vez, um analista militar revelou que os exercícios de guerra diários chineses poderiam dar às forças independentistas e estrangeiras uma visão clara sobre a situação real e mostrar que o ELP é capaz de proteger a soberania e integridade territorial da China.

    Analista disse que muitas pessoas na ilha de Taiwan e em países estrangeiros acreditam há muito tempo que a China não possui o que é preciso para organizar uma operação anfíbia de grande escala.

    Mais:

    Navio civil é suspeito de espionar China para militares dos EUA
    Taiwan diz que 'mentiras descaradas' da China impedem seu acesso à OMS
    Pequim adverte Dinamarca que suas atividades 'anti-China' estão 'fadadas ao fracasso'
    Vulnerabilidade da defesa pode provocar colapso dos EUA em caso de conflito militar, aponta revista
    Tags:
    navio, anfíbio, Pequim, Taiwan, Exercícios, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar