01:36 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    81113
    Nos siga no

    O Changzheng 18, um submarino nuclear da classe Type 094A, foi apresentado em 23 de abril no âmbito do 72° aniversário da fundação da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China.

    De acordo com o jornal South China Morning Post, o submarino Changzheng 18 carrega mísseis balísticos JL-3, que são os mais potentes mísseis chineses que podem ser lançados de submarinos e possuem um alcance de dez mil quilômetros, ou seja, podem atingir o território continental dos EUA.

    Os mísseis JL-3 correspondem a uma modernização de peso, considerando que o Changzheng 18 era antes equipado com os JL-2, capazes de carregar uma ogiva de potência 67 vezes superior à da bomba atômica lançada sobre Hiroshima. Agora, os mísseis modernizados poderiam alcançar alvos muito mais distantes, mesmo devendo ter ajustados "design e tamanho" para se encaixar ao submarino Changzheng 18.

    Vale ressaltar que, Song Zhongping, instrutor aposentado do Exército de Libertação Popular (ELP) da China, não especificou o míssil que é carregado pelo submarino da classe Type 094A, mas assegurou o aumento da capacidade de segundo ataque por parte do gigante asiático, isto é, de conduzir represálias se sofresse um possível ataque nuclear.

    A China, deste modo, volta a sublinhar que não será a primeira nação a utilizar bombas nucleares em cenário de conflito.

    O Changzheng 18 e mais duas outras embarcações de guerra que a Marinha chinesa colocou em serviço na semana passada reforçarão a frota de Pequim no mar do Sul da China.

    Mais:

    Grupo naval chinês conduz treinamentos no mar do Sul da China
    Taiwan recebe novo navio da Guarda Costeira para enfrentar crescente ameaça da China (FOTOS)
    Blinken diz que China está agindo de forma mais 'repressiva' e 'agressiva'
    Tags:
    China, Mar do Sul da China, míssil balístico, submarino nuclear, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar