06:29 10 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3122
    Nos siga no

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, caças F-18 dos EUA escoltaram dois bombardeiros russos Tu-142 que realizavam um voo de rotina sobre o Pacífico.

    "No dia 23 de abril, dois bombardeiros antissubmarino Tu-142 da aviação naval da Frota do Pacífico efetuava um voo de rotina sobre o oceano Pacífico. Durante a missão, as tripulações dos bombardeiros percorreram aproximadamente oito mil quilômetros", informou.

    Em alguns segmentos da rota , os bombardeiros russos foram escoltados por caças F-18 da Marinha dos EUA.

    Dois aviões russos Tu-142 (arquivo)
    © Sputnik / Aleksei Danichev
    Dois aviões russos Tu-142 (arquivo)

    O voo dos bombardeiros russos foi conduzido em estrita conformidade com as regras internacionais de utilização do espaço aéreo, enfatizou o Ministério da Defesa russo.

    No decorrer da missão, os pilotos conduziram voos em condições adversas, treinaram em situações de ausência de pontos de orientação e de equipamentos de rádio, em áreas remotas do mar alto.

    Os aparelhos Tu-142 são usados em missões de guerra antissubmarino e patrulhamento marítimo.

    Mais:

    Rússia atualiza caças MiG-31 para defesa na região do Ártico, diz Forbes (VÍDEO)
    Reino Unido está construindo navio espião que vai 'caçar' submarinos russos e chineses
    'Mais complexo que um caça': piloto revela como operar drone de ataque russo Okhotnik
    Tags:
    Oceano Pacífico, F-18, Força Aérea dos EUA, Força Aérea, Rússia, bombardeiro estratégico, bombardeiros, Bombardeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar