03:24 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4295
    Nos siga no

    Um vídeo, que recentemente apareceu nas redes sociais, supostamente mostra o caça J-15 pousando no convés do porta-aviões chinês Liaoning.

    Segundo relata o portal Popular Mechanics, a aterrissagem do avião chinês poderia ser o primeiro vídeo proveniente de fontes exteriores, e não da mídia estatal do país asiático, que mostra operações no primeiro porta-aviões da China.

    O portal também sugere que provavelmente a gravação foi feita por alguém a bordo do destróier de mísseis guiados, USS Mustin (DDG 89) da Marinha dos EUA, que estava seguindo o grupo de ataque do porta-aviões chinês a certa distância.

    ​Grupo de ataque de porta-aviões liderado por Liaoning é supostamente filmando a partir de um navio de guerra da Marinha dos EUA.

    Não se sabe quando o vídeo foi gravado, mas é possível ouvir pessoas falando inglês. Porém, infelizmente, a fala é incompreensível. Tendo em conta as recentes fotos divulgadas pela Marinha dos EUA mostrando a tripulação do destróier USS Mustin observando o Liaoning, pode-se sugerir que o vídeo foi feito no início deste mês.

    Além do Liaoning, no vídeo é possível ver o destróier de mísseis guiados da China Type 055 seguindo atrás do porta-aviões. A câmera também focaliza em um outro destróier de mísseis guiados, o Type 052D, liderando o grupo de ataque.

    Liaoning é o primeiro porta-aviões da China, o navio foi comissionado em 2012 e tem capacidade para transportar até 24 caças J-15.

    Com um deslocamento de mais de 12 mil toneladas, cerca de 180 metros de comprimento e 22 metros de largura, o Type 055 é o segundo destróier mais poderoso do mundo, depois do DDG-1000 da Marinha dos EUA.

    Mais:

    Poderoso destróier chinês com capacidade de lançar várias combinações de mísseis entra em serviço
    Destróier Type 055 se junta a grupo de navios chineses no mar do Sul da China pela 1º vez
    Marinha dos EUA adverte China que a vigia, enquanto seu destróier segue porta-aviões chinês (FOTO)
    Tags:
    porta-aviões, China, tensão militar, Marinha dos EUA, Exército Popular de Libertação (EPL)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar