12:27 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    15601
    Nos siga no

    Em uma tentativa de redefinir o padrão naval através do navio de combate litorâneo, considerado como uma embarcação do futuro para combater a China, esta embarcação acabou se tornando em um dos maiores fracassos dos EUA.

    Para elevar suas capacidades, a Marinha dos EUA gasta US$ 600 milhões (R$ 3,3 bilhões) para produzir cada um destes navios de combate litorâneos (LCS, na sigla em inglês), segundo o portal TRT World.

    Atualmente, a Marinha norte-americana conta com nove navios de combate litorâneos, outros cinco estão sendo construídos. Contudo, estas embarcações seguem sofrendo com diversos defeitos e avarias, reconhecidos como sistêmicos.

    As primeiras avarias, que surgiram durante seu comissionamento, podiam ser explicadas por ser um projeto novo, contudo, os navios de série também apresentaram constantes falhas.

    Especialistas norte-americanos admitem que o projeto foi um fracasso, chamando o navio de combate litorâneo de "lixo flutuante" devido à incapacidade de ser implantado rapidamente. O programa de navios de combate litorâneos não é o primeiro a fracassar.

    Enquanto os EUA seguem fracassando com seus LCS, a China e outras nações investiram no sistema A2/AD (antiacesso e negação de área), que é a concepção de detenção do inimigo, principalmente com um sistema de armas, com a criação de perigo elevado para o deslocamento de suas forças para uma área protegida, a um custo menor que o investido nas fracassadas tecnologias norte-americanas.

    A estratégia de antiacesso e negação de área de Pequim visa empurrar as forças norte-americanas para fora dos mares da China Oriental e do Sul da China dentro da primeira cadeia de ilhas.

    Isso fez com que o Comando do Indo-Pacífico dos EUA apresentasse ao Congresso um plano de investimento para os anos fiscais de 2022 até 2027, solicitando o dobro do pedido no ano fiscal de 2021. Contudo, até o momento, os investimentos multibilionários dos EUA seguem sendo um grande fiasco, como ressalta o portal TRT World.

    Mais:

    Navio da Marinha dos EUA chega ao Sudão para 'reforçar segurança marítima' da região (FOTOS)
    Marinha dos EUA lança plano de aeronaves não tripuladas com MQ25 da Boeing em destaque
    Marinha dos EUA conduz teste de carga externa do helicóptero Sikorsky (VÍDEO)
    Tags:
    fracasso, embarcação, Marinha dos EUA, Marinha, navios, navio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar