18:52 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1440
    Nos siga no

    Os helicópteros de ataque Mi-35M (AH-2 Sabre) da Força Aérea Brasileira receberão novos kits de reparação e manutenção técnica.

    De acordo com a Helicópteros da Rússia, que faz parte da corporação estatal Rostec, as modificações ocorrerão no centro de serviços de reparação e manutenção técnica da IAS, conforme contrato firmado entre os dois países referente à compra de 12 helicópteros Mi-35M pelos brasileiros.

    O major Romulo Amaral, comandante do Oitavo Grupo de Aviação (8º GAV), afirmou que estes helicópteros possuem alta confiabilidade e estão prontos para cumprir suas missões nas complexas condições climáticas da Amazônia.

    "A Amazônia permite ao helicóptero elevar sua versatilidade, devido ao fato de não necessitar da disposição de uma pista de pouso e decolagem, sendo capaz de pousar em qualquer superfície, em áreas remotas e com o mínimo de infraestrutura de solo, independentemente das condições climáticas", afirmou o major.

    Estas aeronaves foram utilizadas constantemente durante eventos importantes, como a conferência Rio +20, Copa das Confederações de 2013, Copa do Mundo de 2014 e na Operação Ostium em 2017.

    O Mi-35M foi desenvolvido a partir do helicóptero russo Mi-24 e incorpora inovações tecnológicas, alto poder de fogo, blindagem e robustez.

    Além disso, ele é capaz de conduzir missões diurnas e noturnas de baixa visibilidade, contando com um canhão de 23 milímetros de alta cadência fixado a uma torreta móvel sob o nariz.

    O helicóptero também pode ser configurado com lançadores de mísseis ar-superfície Ataka e foguetes não guiados de 80 milímetros.

    A aplicação do armamento é realizada com o auxílio do sistema eletrônico e óptico, que permite a detecção e identificação de alvos por meio de imagem TV ou térmica.

    O helicóptero Mi-35M é capaz de voar a 300 km/h graças a seus dois motores de 2.200 cavalos. Além disso, o helicóptero possui uma autonomia de 460 km. Esta distância pode ser duplicada se o helicóptero estiver equipado com quatro tanques de combustível.

    O aparelho também possui dispositivos de visão noturna e um sistema de observação térmica, que permite detectar e reconhecer objetos a mais de 4 km. Ademais, o Mi-35M pode ser usado para transportar até oito paraquedistas, armas ou munições com um peso até 1.500 kg na cabine de transporte e até 2.400 kg de carga externa.

    Mais:

    Novos aviônicos e tecnologia avançada: FAB recebe última aeronave F-5FM modernizada (FOTOS)
    Nova aeronave híbrida de transporte da FAB e Embraer é apresentada (VÍDEO)
    'Capaz de fornecer dados de inteligência precisos': FAB recebe 1º avião E-99M modernizado (FOTOS)
    Tags:
    Rússia, Brasil, Força Aérea, Mi-35, helicópteros, helicóptero
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar