21:19 23 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2373
    Nos siga no

    A aeronave foi avistada no domingo (4) voando sem uma lente Luneburg, um pequeno dispositivo usado para tornar uma aeronave furtiva intencionalmente visível a outros aviões em situações de treinamento.

    As imagens do vídeo divulgadas pela Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês) mostram o J-20 conduzindo manobras aéreas e, em determinados momentos, é possível observar que a aeronave não estava equipada com as lentes Luneburg. Além disso, as linhas do compartimento lateral de mísseis eram diferentes dos caças J-20 anteriores.

    Durante um treinamento regular, os radares precisam rastrear as aeronaves furtivas para monitorar suas atividades e avaliar os resultados.

    Já em cenários convencionais, como voos de conexão, manter a aeronave visível aos radares pode evitar acidentes, afirmou um especialista militar ao Global Times.

    O especialista também ressaltou que, sem este equipamento, o caça J-20 se torna furtivo, o que significa que está envolvido em uma missão de combate real.

    O voo foi registrado durante um festival realizado para homenagear os pilotos chineses que lutaram na Guerra da Coreia (1950-53), informa o jornal Global Times.

    A unidade militar de Sun Shenglu, um piloto chinês que se distinguiu na guerra, está agora equipada com caças J-20, afirmou à CCTV um militar da unidade.

    Mais:

    China inicia produção em série do caça J-11B modernizado, segundo relatos (FOTO)
    FOTOS mostram caça J-15 da China pronto para ser lançado de catapulta eletromagnética
    FOTO exibe nova versão do Y-20 realizando reabastecimento aéreo no caça J-20 na China
    Tags:
    Força Aérea, aeronave, China, avião de combate, avião de assalto, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar