13:46 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1500
    Nos siga no

    A corporação estatal Rostec anunciou que em 2021 se iniciará a produção de novo sistema de gerenciamento de defesa antiaérea, incluindo um radar mais avançado que todos os outros modelos conhecidos.

    A holding Roselectronica (pertencente à corporação estatal Rostec) iniciará a produção em série dos mais recentes sistemas de gerenciamento de defesa antiaérea Magistr-SV neste ano após eles passarem nos testes estatais e serem aceitos para fornecimento às Forças Armadas da Rússia, relatou na quarta-feira (31) o serviço de imprensa da Rostec.

    "A holding Roselectronica iniciará a produção em série dos sistemas de gerenciamento automatizado de armas de defesa antiaérea Magistr-SV em 2021. O novo módulo unificado se destina ao reconhecimento do espaço aéreo usando meios de reconhecimento externos e integrados e coordenação do combate antiaéreo. O desenvolvimento passou nos testes estatais e foi aceito para fornecimento ao Exército russo", disse a corporação.

    A Rostec observou que o sistema está equipado com uma estação optoeletrônica única capaz de detectar, reconhecer e rastrear automaticamente alvos aéreos.

    "Para obter tais capacidades técnicas, os desenvolvedores precisaram criar um banco de dados das características ópticas de diversos alvos aéreos e especificidades da emissão de interferências naturais", acrescentou o serviço de imprensa da holding.

    O Magistr-SV também inclui um detector de radar de pequena dimensão, que combina capacidades de radar de vigilância com alta precisão de medição de coordenadas. A Rostec afirma que sua arquitetura "ultrapassa todos os meios de detecção por radar atualmente conhecidos".

    Segundo a declaração, está prevista ainda a possibilidade de integração do sistema Magistr no subsistema de controlo de sistemas de mísseis antiaéreos, futuros e existentes, capazes de combater armas de alta precisão e drones polivalentes.

    Em 30 de agosto de 2018, Rússia testou o sistema de defesa antimíssil que faz parte do arsenal da Força Aeroespacial do país
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia
    Em 30 de agosto de 2018, Rússia testou o sistema de defesa antimíssil que faz parte do arsenal da Força Aeroespacial do país

    O desenvolvimento e produção dos módulos Magistr-SV é realizado pelo escritório central de projetos russo Rubin (parte do consórcio Vega da holding Roselectronica). De acordo com Vyacheslav Mikheev, diretor-geral do Vega, citado pelo serviço de imprensa, o desenvolvimento do sistema de gerenciamento de defesa antiaérea levou em conta a experiência de uso militar da estação de radar tática Barnaul-T.

    "O módulo unificado incorporou meios qualitativamente novos de reconhecimento do espaço aéreo, que atendem aos atuais requisitos de alcance e precisão da detecção de alvos aéreos. Esta é uma estação optoeletrônica, um dispositivo remoto de vigilância optoeletrônica, um detector de radar de pequeno porte e uma estação de reconhecimento radiotécnico", referiu Mikheev.

    Mais:

    Sistema russo de defesa antiaérea Pantsir-S1 demonstra seu poder de fogo na neve da Sibéria (VÍDEO)
    'Justifica seu nome': veículo blindado russo Terminator é avaliado por mídia dos EUA
    Defesa antiaérea na Crimeia pode rastrear e suprimir voos de bombardeiros B-52 dos EUA, diz general
    'Assassino da Força Aérea': mídia americana explica por que sistemas russos S-400 são tão perigosos
    Artilharia, coordenação, rapidez: mídia sueca lista vantagens da Rússia em potencial guerra com OTAN
    Tags:
    Exército da Rússia, Exército, Forças Armadas da Rússia, Forças Armadas, Rostec, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar