14:51 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3619
    Nos siga no

    Impulsionada pela corrida armamentista antidrone, empresa dos EUA lança equipamento com capacidade de disparar muitos drones de uma só vez no ar sem risco para veículos amigáveis, edifícios ou pessoas.

    Com a intenção de combater o perigo crescente de drones hostis, a empresa Lockheed Martin, fabricante de produtos aeroespaciais norte-americana, está oferecendo o Morfius, um drone armado com micro-ondas de alta potência (HPM, na sigla em inglês) para destruir "enxames de drones" do céu.

    Morfius é um drone reutilizável que pode caber dentro de um tubo de lançamento de seis polegadas de diâmetro e pesa menos de 14 quilos, leve e versátil o suficiente para se conectar a estações terrestres, veículos terrestres ou aeronaves.

    O drone Morfius apresentado em vôo.
    © Foto / Divulgação / Lockheed Martin
    O drone Morfius apresentado em vôo

    Durante a conferência Força Global Próxima da Associação do Exército dos Estados Unidos (AUSA, na sigla em inglês), a empresa descreveu por que, exatamente, vê as armas de micro-ondas como uma resposta quase pronta para o futuro a uma ameaça em rápida evolução.

    "Estamos focados em como abordar a ameaça do enxame contra sistemas de veículos aéreos não tripulados", disse Brian Dunn, da Lockheed Martin ao Breaking Defense.

    A Lockheed Martin realmente acredita que um efeito HPM lançado no ar pode fazer a diferença ante "enxame contra sistemas de veículos aéreos não tripulados" que, segundo a empresa, poderemos enfrentar no futuro.

    Trabalhando como parte de uma abordagem em camadas para a defesa antidrone, as unidades do Morfius serão lançadas contra drones hostis, ou enxames de drones, para então desativá-los nas proximidades, com cerca de um gigawatt de potência de micro-ondas – ou, como Lockheed colocou, um milhão de vezes a potência de um forno de micro-ondas padrão.

    A Lockheed Martin, no entanto, não entrou em detalhes sobre a viabilidade de uma pequena máquina voadora carregando bateria suficiente para tal explosão. Apenas informou que a comparação de energia era favorável aos sistemas terrestres, sendo crucial para a promessa do novo equipamento a sua capacidade de disparar muitos drones de uma só vez no ar, sem danos para veículos amigáveis, edifícios ou pessoas ativamente defendidas.

    Parte do que está impulsionando a corrida armamentista antidrone é o crescimento da capacidade dos veículos voadores disponíveis no mercado e acessibilidade de uso tanto por civis quanto por militares.

    Na apresentação, Becca Schwartz, que lidera a estratégia de sistemas de veículos aéreos não tripulados da Lockheed Martin, apontou as espetaculares exibições de enxames de drones nas Olimpíadas como um exemplo de quanto a tecnologia comercial pode oferecer para um potencial enxame terrorista ou militar.

    A ampla disponibilidade de drones baratos e capazes significa que eles estão disponíveis tanto para adversários não convencionais quanto para concorrentes próximos. Para a empresa, micro-ondas associadas aos drones são o mais próximo que uma guerra eletrônica pode chegar à força bruta.

    Mais:

    EUA podem implantar sistemas móveis de defesa antiaérea na Síria e Iraque para combater drones
    Rússia desenvolve novo dispositivo com míssil e armadilha contra drones
    Orçamento limitado faz Alemanha mudar investimento na defesa contra drones
    Investigação de 'ataques' a destróieres dos EUA por drones em 2019 gera ainda mais questões
    Tags:
    corrida armamentista, lançamento, EUA, detonada, guerra, inimigo, antidrone, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar