14:30 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2191
    Nos siga no

    O Exército de Libertação Popular da China (ELP) começou a empregar um novo tipo de mísseis antitanque de alta mobilidade, revela a Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês).

    O novo míssil é mais potente em comparação com modelos anteriores graças ao maior calibre, possuindo também alta mobilidade uma vez colocado em um veículo todo-o-terreno, apontam analistas, segundo o jornal Global Times.

    A arma recentemente revelada é um míssil guiado de terceira geração produzido pela China, capaz de atacar alvos a partir de cima, ou seja, fazendo um "voo picado" para atingir o topo do veículo alvo, onde a blindagem é geralmente mais fina, destruindo eficazmente tanques modernos e outros equipamentos.

    O novo míssil pode ser instalado em um veículo de assalto todo-o-terreno da série Mengshi ou em veículos de combate de infantaria. Isto significa que o míssil pode ser operado em terreno acidentado, disse um especialista citado pelo jornal.

    A China tem uma ampla gama de mísseis antitanque, incluindo mísseis portáteis, lançados por helicópteros de ataque, drones, veículos blindados e de assalto.

    Mais:

    Sistema de mísseis antitanque chinês HJ-12 de 3ª geração poderia competir com análogos dos EUA?
    Sistema russo 'assassino de tanques' Kornet elimina alvos em câmera lenta (VÍDEO)
    Forças dos EUA estão desenvolvendo arma capaz de destruir blindados a mais de 30 km de distância
    Tags:
    tecnologia militar, Exército Popular de Libertação (EPL), veículo blindado, sistema antitanque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar