05:06 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1723
    Nos siga no

    EUA impedem que Turquia venda 30 helicópteros ATAK ao Paquistão com motores norte-americanos devido a suas sanções a Ancara pela aquisição de S-400 russos.

    O contrato de aquisição de helicópteros para uso militar pelo Paquistão seria a maior venda de fornecimento de material bélico em uma só remessa que a Turquia já logrou em sua história.

    O valor do contrato chegou à casa do US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 8,6 bilhões).

    Contudo, o cumprimento do contrato ficou impedido devido à recusa dos EUA de conceder à Turquia a licença de exportação dos motores de origem norte-americana presentes nas aeronaves.

    A razão disso é o bloqueio por parte do Congresso dos EUA ao fornecimento de armamentos do país à Turquia, medida que visa forçar Ancara a rejeitar de vez o uso dos sistemas de defesa antiaérea S-400, comprados da Rússia. Para contornar o problema, a Turquia tenta desenvolver seus próprios motores.

    China 'levaria a melhor'

    Comentando o assunto com a Bloomberg, o porta-voz da presidência da Turquia, Ibrahim Kalin, deu a entender que "os EUA bloquearam a venda planejada de helicópteros militares ao Paquistão. Provavelmente, isso vai fazer com que o contrato vá para a China, e os perdedores aqui serão os EUA".

    Ainda em fevereiro passado, o portal FlightGlobal havia dito que o Paquistão já considerava a compra de helicópteros militares da China para superar o bloqueio dos EUA ao equipamento turco.

    "Nós estamos considerando outras opções. Uma delas está na China no formato de um novo helicóptero de ataque que eles criaram chamado Z-10ME", publicou o portal citando a fala do major-general paquistanês Syed Najeeb Ahmed, comandante da Aviação do Exército do Paquistão.

    Apesar do esforço turco em produzir seus próprios motores, o Paquistão duvida que a Turquia conseguirá, até o fim do prazo do contrato, fornecer seus helicópteros ATAK completos a Islamabad.

    Mais:

    Irã classifica visita do papa ao Iraque de 'boa' e 'construtiva'
    EUA e UE seguem política de sanções com 'mentiras ideologizadas', diz chanceler da Venezuela
    Ataques aéreos de Biden na Síria são 'presente' para o Daesh, diz ex-senador dos EUA
    Tags:
    indústria militar, Turquia, Exército do Paquistão, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar