13:01 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8512
    Nos siga no

    Cruzador de mísseis nuclear pesado Admiral Nakhimov, graças a seus novos armamentos, radares e sistemas de guerra eletrônica, pode se tornar o navio mais perigoso da Marinha da Rússia.

    Após sua modernização, o navio do projeto 1144 será capaz de afundar navios de qualquer deslocamento, escreve analista militar Peter Suciu no portal The National Interest.

    No âmbito dos trabalhos de reparação e aprimoramento, o navio de guerra será equipado com sistemas de mísseis antiaéreos Fort-M e Pantsir-M e com poderosos mísseis antissubmarino Paket-NK e Otvet.

    Além disso, o navio de guerra russo será capaz de disparar armas de precisão, incluindo os mísseis hipersônicos Tsirkon, mísseis Oniks e mísseis da classe Kalibr.

    O cruzador pesado do projeto 1144 foi lançado à água em 1986 e em 1988 foi incorporado à Marinha da União Soviética.

     Cruzador de mísseis nuclear pesado Admiral Nakhimov está passado por modernização
    © Sputnik / Yuri Kaver
    Cruzador de mísseis nuclear pesado Admiral Nakhimov está passado por modernização

    O deslocamento total do navio é de 25.860 toneladas, ele tem um comprimento de 230 metros, 25 metros de boca, 59 metros de altura e uma tripulação de 744 pessoas.

    Graças a dois reatores nucleares, a distância de navegação é ilimitada e a autonomia é de 60 dias. O armamento principal do cruzador russo são 20 mísseis de cruzeiro antinavio P-700 Granit, cada um dois quais pesa sete toneladas.

    Duas peças de artilharia de 130 mm permitem disparar contra alvos terrestres e navais de superfície. Antes do início dos trabalhos de aperfeiçoamento o cruzador tinha capacidade para transportar três helicópteros Ka-27PL, Ka-29 e Ka-31.

    Mais:

    Exercícios navais entre Rússia e Irã buscam fortalecer segurança no Índico, diz Teerã
    Duro de encontrar: Rússia desenvolve novos submarinos furtivos lançadores de mísseis
    'Tubarão' formidável: maior submersível dos EUA é comparado com o maior submarino da Rússia (FOTO)
    Tags:
    Admiral Nakhimov, guerra eletrônica, mísseis guiados, navio de guerra, Marinha da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar