12:43 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    147
    Nos siga no

    Recentemente, a Força Aérea dos EUA liderou um grande exercício em torno da Europa, com diversos aliados da Aliança Atlântica.

    O evento contou com caças F-15E, que realizaram procedimentos táticos, aperfeiçoaram suas técnicas, e conduziram procedimentos de ataques com mísseis de cruzeiro sobre a região do mar Báltico.

    De acordo com o portal The Drive, os caças utilizaram os mísseis AGM-158 JASSM em um cenário de defesa centrado na proteção contra ataques de mísseis e drones, bem como contra sistemas de defesa aérea e antimísseis dos EUA.

    Segundo o general da Força Aérea dos EUA, Jeff Harrigian, os exercícios permitiram que os militares norte-americanos com aliados localizassem áreas onde é possível inovar os sistemas possuídos, bem como identificar áreas que precisam de assistência, visando futuros conflitos contra adversários tecnologicamente superiores.

    No momento, não se sabe se os caças F-15 estavam portando mísseis AGM-158 inertes ou com cargas explosivas. Durante a missão, os F-15E contaram com a escolta dos F-15C, que são incapazes de realizar operações ar-terra.

    Além disso, os países envolvidos demonstraram operações de inteligência, vigilância e reconhecimento para apoiar a seleção de alvos, bem como o comando e controle.

    Com isso, o Pentágono segue tentando reforçar a "contenção" de Moscou no Leste Europeu através da implementação de várias iniciativas que incluem realização de mais exercícios de treinamento multinacionais, desenvolvimento de mísseis de cruzeiro de longo alcance lançados a partir de terra e introdução de recursos de vigilância em áreas estrategicamente vitais.

    Mais:

    EUA enviam 2 bombardeiros estratégicos ao Oriente Médio como sinal de alerta ao Irã
    Bombardeiros dos EUA sobrevoam Oriente Médio em meio à tensão com Irã
    Força Aérea dos EUA está ficando sem tempo para manter credibilidade de bombardeiros estratégicos
    Tags:
    exercícios conjuntos, exercícios militares, míssil de cruzeiro, Mar Báltico, EUA, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar