15:48 17 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2361
    Nos siga no

    A Rússia e o Paquistão assinaram ncontratos para o fornecimento de sistemas antitanque, sistemas de defesa aérea e armas pequenas. A informação foi divulgada pelo chefe do Estado-Maior do Exército paquistanês, general Qamar Javed Bajwa, nesta terça-feira (16).

    A declaração foi feita à margem dos exercícios navais internacionais AMAN-2021, que terminaram nesta terça-feira (16) no Paquistão. O Serviço Federal de Cooperação Técnica Militar da Federação da Rússia ainda não comentou esta informação.

    "Já temos um acordo, estamos negociando a aquisição de certas armas. Estamos em processo de compra da Rússia de alguns sistemas antitanque, sistemas de defesa aérea e armas pequenas. O contrato já foi assinado", disse Bajwa à Sputnik.

    O chefe do Estado-Maior também lembrou que nos últimos anos o Paquistão adquiriu helicópteros de combate Mi-35 da Rússia.

    Sistemas de defesa antiaérea Buk-M2 no salão aeroespacial internacional MAKS-2017
    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Sistemas de defesa antiaérea Buk-M2 no salão aeroespacial internacional MAKS-2017

    Posteriormente, o presidente paquistanês, Arif Alvi, declarou que a cooperação bilateral com a Rússia está crescendo em todas as áreas e agradeceu a Moscou pela participação no exercício naval multinacional AMAN-2021.

    "Acho que no futuro a cooperação entre a Rússia e o Paquistão aumentará em todos os campos. Portanto, foi muito bom que a participação da Rússia tenha ocorrido", acrescentou o presidente.

    Mais:

    S-500 Triumph: mídia americana aprecia novo sistema de defesa antiaérea russo
    Ministério da Defesa russo revela potencial do sistema Iskander
    Ministério da Defesa da Rússia revela novos dados do sistema de mísseis hipersônicos Avangard
    EUA 'adquirem' sistema de defesa antiaérea russo Pantsir dos campos de batalha da Líbia para estudo
    Tags:
    cooperação, sistemas de mísseis, sistemas de defesa aérea, Paquistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar