17:25 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2331
    Nos siga no

    Fábrica de Aviação Chkalov de Novossibirsk (NAZ, na sigla em russo) está construindo mais três protótipos do drone pesado de combate S-70 Okhotnik, informou à Sputnik uma fonte do complexo militar-industrial.

    "NAZ está construindo mais três protótipos do drone S-70. Como planejado, os protótipos devem passar sucessivamente por testes de voo entre 2022 e 2023", revelou a fonte.

    O interlocutor não especificou em que estado de montagem se encontra cada protótipo, mas observou que o segundo aparelho passará por modificações baseadas nos testes de voo do primeiro Okhotnik que começaram em agosto de 2019.

    "Em particular, os aperfeiçoamentos estão relacionados a equipamentos radioeletrônicos de bordo e elementos da estrutura do planador", explicou.
    Drone de ataque russo Okhotnik faz seu primeiro voo conjunto com o caça SU-57, em 27 de setembro
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Drone de ataque russo "Okhotnik" faz seu primeiro voo conjunto com o caça SU-57, em 27 de setembro

    Anteriormente, outra fonte detalhou que o drone pesado de combate S-70 Okhotnik será um aparelho multifuncional capaz de eliminar todos os tipos de alvos, tanto aéreos como terrestres. Além disso, o veículo aéreo não tripulado russo foi criado para atuar com o caça Su-57 e usar todo o armamento do caça de quinta geração.

    Okhotnik-B foi desenvolvido pela empresa Sukhoi e projetado de acordo com o esquema de "asa voadora".

    Segundo revelações de fontes abertas, o drone tem comprimento de 14 metros, uma envergadura de 19 metros e uma massa de decolagem de 20 toneladas. Sua velocidade máxima de voo subsônico é de até mil quilômetros por hora.

    Mais:

    Drone russo Okhotnik dispara bombas contra alvos terrestres
    'Esqueça Su-57': mídia norte-americana avalia novo caça russo MiG-41
    Revelados detalhes de novo complexo tático russo de mísseis para drones Okhotnik
    Tags:
    veículo aéreo não tripulado, Su-57, sistema de mísseis, Rússia, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar