11:02 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 14
    Nos siga no

    A Marinha norte-americana concluiu o primeiro teste de voo do sistema de treinamento de combate aéreo de última geração em um caça F/A-18F na Base Aérea Naval de Patuxent River.

    Durante os voos, a equipe do Esquadrão de Avaliação e Testes Aéreos coletou e analisou dados em tempo real.

    O Tactical Combat Training System Increment II, desenvolvido pela empresa Collins Aerospace Systems, é um sistema de instrumentação de arquitetura aberta que permite o treinamento de combate aéreo em aeronaves.

    Caça-bombardeiro FA-18 da Força Aérea dos EUA
    Caça-bombardeiro FA-18 da Força Aérea dos EUA

    É um sistema de instrumentação de combate aéreo criptografado e de segurança multinível certificado, proporcionando a comunicação entre diversos equipamentos aéreos e terrestres.

    "Esta é a primeira vez que a equipe foi capaz de observar o sistema em uso em um ambiente do mundo real, usando uma plataforma operacional", afirmou Jake Kiehlmeier, engenheiro de teste.

    Ele também ressaltou que estes testes "fornecem uma visão valiosa do desempenho do sistema, incluindo o desempenho de datalink pod-to-pod e pod-to-ground, precisão posicional e simulações de armas".

    Com isso, a Força Aérea e a Marinha dos EUA pretendem desenvolver e usar este sistema no treinamento contra ameaças reais.

    Mais:

    Mais um atraso: caças F-35 dos EUA têm testes e produção cancelados
    Caça secreto de 6ª geração dos EUA poderá integrar copiloto à base de inteligência artificial
    VÍDEO mostra caça F-35 da Marinha dos EUA disparando canhão durante exercícios ao largo da Somália
    Tags:
    Força Aérea, combate, Sistema Futuro de Combate Aéreo (FCAS), Comando de Combate Aéreo dos EUA, avião de combate, avião de ataque, avião de assalto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar