21:18 15 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 38
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa do país afirmou que os testes representaram "um marco importante no desenvolvimento do sistema" antimísseis.

    O Ministério da Defesa de Israel anunciou nesta segunda-feira (1º) a conclusão bem-sucedida de uma série de testes em terra e no mar de uma versão atualizada do sistema antimísseis Cúpula de Ferro pela Organização de Defesa Antimíssil do país e a empresa Rafael Advanced Defense Systems.

    Em um vídeo divulgado pelo ministério, o Cúpula de Ferro é vista interceptando um veículo aéreo não tripulado durante o exercício. O ministério se recusou a comentar mais sobre a natureza dos alvos. Os testes foram realizados em terra no centro de Israel em direção ao mar.

    Nova interceptação do sistema Cúpula de Ferro [durante] testes [em] 2021. Ministério da Defesa de Isreal e a a empresa Rafael Advanced Defense Systems: 'O próximo marco no desenvolvimento da Cúpula de Ferro'.​

    O Ministério da Defesa afirmou que os testes representaram "um marco importante no desenvolvimento do sistema" e que o novo modelo atualizado do sistema deve ser integrado à Força Aérea israelense em breve, reporta o jornal The Times of Israel.

    O Cúpula de Ferro é uma parte integral da matriz da defesa de múltiplas camadas de Israel. A matriz da defesa inclui os sistemas de armas Cúpula de Ferro, Estilingue de David, Flecha-2 e Flecha-3.

    Israel começou a usar o Cúpula de Ferro em 2011 para interceptar foguetes lançados a partir da Faixa de Gaza.

    Mais:

    Polícia de Israel dispersa protesto contra Netanyahu com canhões d'água
    Israel vende caças F-16 antigos a EUA e Canadá para serem usados como aviões inimigos (FOTOS)
    Israel fornecerá à Palestina 5 mil doses de vacinas contra a COVID-19
    'Prepare-se para vingança': diria nota para embaixador de Israel encontrada após explosão na Índia
    Tags:
    Cúpula de Ferro, Israel, Gaza, Faixa de Gaza, sistema de defesa antimísseis, defesa antimísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar