05:03 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4829
    Nos siga no

    Quatro bombardeiros estratégicos B-52 dos EUA regressaram à Base Aérea de Andersen, em Guam, no Pacífico, após três anos de ausência, para conduzir missões de dissuasão na região do Indo-Pacífico.

    "Em 28 de janeiro, quatro B-52H Stratofortress da Força Aérea dos EUA retornaram à região do Indo-Pacífico, para uma força-tarefa de bombardeiros e conduzir operações ao largo da Base Aérea de Andersen, em Guam", informa um comunicado da base aérea.

    As aeronaves participarão de missões de dissuasão estratégica junto com vários aliados e parceiros dos EUA na referida região.

    Um bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)
    Um bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)

    Os bombardeiros B-52 tinham sido enviados para Guam pela última vez em dezembro de 2018.

    O comunicado ressalta ainda que os EUA continuam trabalhando com os aliados e parceiros na região para conter a China.

    No passado sábado (23), o porta-aviões USS Theodore Roosevelt, acompanhado por outros três navios de guerra, entrou nas águas do mar do Sul da China, cuja maior parte é reivindicada por Pequim.

    Mais:

    Bombardeiros B-52 dos EUA sobrevoam Oriente Médio (FOTOS)
    Por que EUA estão construindo mais uma base militar perto da China?
    Cientistas do Irã pedem que IRGC abata aviões e navios de guerra dos EUA invasores
    Tags:
    Força Aérea dos EUA, Indo-Pacífico, China, exercícios aéreos, B-52H, bombardeiro estratégico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar