01:43 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4511
    Nos siga no

    As empresas norte-americanas Sikorsky (que faz parte da Lockheed Martin) e Boeing apresentaram uma mudança na construção do helicóptero de assalto de próxima geração SB-1 Defiant.

    De acordo com o portal Breaking Defense, a nova versão, chamada Defiant-X, conta com um sistema de rotor coaxial e hélice de empuxo que permitirão à aeronave realizar manobras a baixas altitudes, deslocar-se rapidamente através de terrenos complexos, pousar e decolar de maneira rápida e transportar passageiros ou equipamentos a áreas de difícil acesso.

    "Estamos prontos para fornecer recursos incomparáveis com o respaldo de tecnologias comprovadas que realmente transformarão a missão do Exército hoje, com espaço para crescer e se adaptar às missões de amanhã", afirmou Andy Adams, vice-presidente do Levantamento Vertical do Futuro da Sikorsky, que engloba o programa da Futura Aeronave de Ataque de Longo Alcance (FLRAA, na sigla em inglês) do Exército dos Estados Unidos.

    Além disso, a aeronave recebeu modificações no trem de pouso e escapamento do motor, elevando, assim, a capacidade de proteção contra ameaças infravermelhas, segundo o portal The Drive.

    As modificações também permitirão ao novo helicóptero duplicar a velocidade do Black Hawk, bem como elevar sua autonomia, capacidade de carga e manobrabilidade.

    "O Defiant-X foi desenvolvido especificamente para um Exército modernizado que requer alcance, capacidade de sobrevivência e letalidade expandidos [...]. Este sistema de armas dará aos soldados vantagem tecnológica e conectividade inigualáveis sobre os adversários em um espaço de batalha de múltiplos domínios", afirmou o vice-presidente e gerente-geral do Levantamento Vertical da Boeing, Steve Parker.

    O Defiant é altamente manobrável e foi baseado na tecnologia do Sikorsky, que integra rotores coaxiais, controles de voo por comando eletrônicos (fly-by-wire) e um sistema de propulsão adicional.

    Os rotores principais contrarrotativos fornecem maior elevação, estabilidade e suavidade. Isso faz com que o helicóptero atinja maior velocidade de subida e vantagens na decolagem e no pouso vertical (VTOL, na sigla em inglês) em relação aos helicópteros convencionais.

    O Exército norte-americano está planejando produzir uma FARA e uma Futura Aeronave de Ataque de Longo Alcance (FLRAA, na sigla em inglês) para lentamente substituir a frota construída pela Sikorsky de helicópteros UH-60 Black Hawk e AH-64 Apache.

    A aeronave é projetada para voar a uma velocidade de até 460 quilômetros por hora e deve entrar em operação a partir de 2030.

    Mais:

    Fabricante russa acusa Ucrânia de reparos ilegítimos de helicópteros Mi-17 do Afeganistão
    FOTO revela novo helicóptero 'caçador de submarinos' da Marinha da Índia
    Helicóptero Mi-26 cumpre missão em meio à neve durante exercícios na Rússia (VÍDEO)
    Tags:
    aeronave, equipamento militar, Sikorsky, Sikorsky, Boeing, eua, helicópteros, helicóptero
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar