05:03 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1183
    Nos siga no

    Navios chineses têm realizado sondagens hidrográficas no leste do oceano Índico. Os dados coletados podem ser particularmente relevantes para operações de guerra submarina.

    O navio de pesquisa chinês Xiang Yang Hong 03 está atualmente operando no oceano Índico. Segundo escreve o Naval News, a embarcação já foi acusada de "funcionar às escuras", ou seja, sem informar suas coordenadas em águas territoriais da Indonésia.

    O portal aponta ainda que o Xiang Yang Hong 03 é parte de um esforço da China para mapear sistematicamente o fundo marinho através da vasta faixa do oceano Índico.

    A análise dos dados de localização do navio de pesquisa revela que não é a primeira vez que ele transita pela região, além do mais, este não é o único navio chinês envolvido em operações.

    ​Novo artigo. O governo chinês está realizando uma sondagem massiva e sistemática no leste do oceano Índico. Os dados podem ser particularmente relevantes para a guerra submarina. O navio Xiang Yang Hong 03 está atualmente no local.

    As atividades de pesquisa abrangem uma vasta área de aproximadamente 500 mil quilômetros quadrados, que continua em expansão. Além de realizarem pesquisa civil, estes navios podem estar coletando informações para os planejadores navais.

    Os dados hidrográficos podem ser utilizados para fins tanto civis como militares. É provável que a parte leste do oceano Índico seja de particular interesse para a Marinha da China, à medida que eles ampliam suas capacidades submarinas. As informações podem ajudar os submarinos a navegarem ou aumentarem suas chances de não serem detectados.

    Mais:

    Nova estratégia naval dos EUA aumenta confrontação marítima, diz MRE russo
    Exército chinês realiza treinamentos de fogo real perto de Taiwan (VÍDEO)
    Cooperação Rússia-China no oceano Índico: estratégia ou aliança simbólica?
    Tags:
    hidrografia, sondagem, Marinha da China, submarinos, Oceano Índico, navio de pesquisa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar