03:16 23 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2183
    Nos siga no

    O ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, afirmou ser "muito problemático" para Ancara voltar atrás na compra dos sistemas de defesa antiaérea S-400 de produção russa, mas disse ter esperança de que a disputa com EUA seja resolvida através do diálogo.

    Além do mais, Akar reiterou que a Turquia se encontra em conversações com a Rússia para a obtenção da segunda remessa dos sistemas de defesa antiaérea S-400, informa a agência Reuters.

    No mês passado, Washington impôs sanções à Direção da Indústria de Defesa da Turquia (SSB, na sigla em turco), que é uma aliada da OTAN, afetando em especial o diretor da instituição, Ismail Demir, e outros funcionários pela aquisição dos sistemas S-400.

    "É uma situação muito problemática voltar do ponto a que chegamos. Convidamos [os EUA] a se distanciarem de linguagem ameaçadora, como sanções", declarou Akar a jornalistas em Ancara, citado pela Reuters.

    "Queremos a solução dos problemas por meio do diálogo. Se o lado americano quer uma solução, esta pode ser encontrada com trabalho a nível técnico", concluiu.

    A Turquia defende a aquisição dos sistemas S-400 como necessidade, uma vez que não foi capaz de adquirir satisfatoriamente sistemas de defesa antiaérea de qualquer aliado da OTAN.

    Para Washington, os sistemas de defesa antiaérea S-400 representam uma ameaça aos seus caças F-35 e aos sistemas de defesa mais amplos da OTAN. A Turquia rejeita o pensamento norte-americano, e diz que os mísseis S-400 não serão integrados na OTAN.

    Mais:

    Se houver guerra, quem vence: tanques gregos ou drones turcos?
    Pompeo: compra do sistema S-400 pela Turquia ameaça segurança dos EUA
    Turquia retaliará novas sanções dos EUA sobre compra dos S-400, diz chancelaria
    Tags:
    Defesa, S-400, Rússia, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar