10:02 16 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    290
    Nos siga no

    Dez das deficiências detectadas são de categoria 1, ou seja, podem colocar em perigo a segurança do equipamento ou do piloto, bem como impedir o cumprimento da missão.

    O caça F-35 Lightning II, da empresa norte-americana Lockheed Martin, apresenta 871 deficiências capazes de prejudicar sua operação e manutenção, segundo documentos do Pentágono, citados pela Bloomberg.

    Das deficiências encontradas, dez delas são de categoria 1, ou seja, são problemas que podem colocar em risco a segurança do equipamento ou do piloto, impedindo o cumprimento da missão.

    Muitas das deficiências detectadas pelos militares seguem por corrigir desde abril de 2018, quando a fase de desenvolvimento e demonstração do caça terminou, apresentando nesse ano 941 deficiências.

    Caça F-35A testa lançamento de bombas próximo a base da Força Aérea dos EUA
    Caça F-35A testa lançamento de bombas próximo a base da Força Aérea dos EUA

    Pentágono aponta 871 deficiências no caça norte-americano de 5ª geração F-35

    Em um comunicado citado pela Bloomberg, Brett Ashword, porta-voz da Lockheed Martin, assegurou que nenhum dos defeitos corresponde à categoria mais crítica, a 1A.

    "Ainda não vimos este relatório, verificamos todos os relatórios de deficiências do F-35 [...] Aproximadamente 70% dos defeitos detectados estão categorizados como de baixa prioridade ou estão no Escritório do Programa Conjunto F-35 para serem resolvidos", assegurou.

    O programa F-35, concebido para criar uma aeronave de combate de quinta geração, começou em 2001. Desde então, apresentou gastos de aproximadamente US$ 398 bilhões (R$ 2,1 trilhões).

    Mais:

    Senadores dos EUA introduzem legislação para impedir venda de drones e caças F-35 para os EAU
    Caso Grécia compre caças F-35, Turquia usaria contra eles S-400, segundo especialista
    Após Suíça receber oferta de caças Eurofighter, EUA dizem que seus F-35 seriam 'melhor solução'
    Tags:
    avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, Pentágono, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar