13:48 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 131
    Nos siga no

    A Força Aérea do Exército de Libertação Popular (ELP) da China revelou a nova versão de dois assentos do caça furtivo J-20.

    A Corporação da Indústria de Aviação da China (AVIC, na sigla em inglês) está desenvolvendo uma versão de dois assentos do caça furtivo J-20, considerado o mais avançado do país.

    De acordo com especialistas, o "caça J-20 de dois lugares poderia criar mais versões que são equipadas com os dispositivos correspondentes a estas tarefas", cita o jornal Global Times.

    A nova versão indica que um piloto adicional seria responsável por tarefas mais complicadas como guerra eletrônica, comando de drones ou bombardeios táticos.

    Jato de caça furtivo J-20 da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (ELP) voando durante a 12ª Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China, também conhecida como Airshow China 2018, na cidade de Zhuhai, província de Guangdong, sul da China, 6 de novembro de 2018
    © AP Photo / Kin Cheung
    Caça chinês J-20

    Além disso, uma nova versão do caça surgiu dotada de um motor WS-10C, produzido pelos chineses, durante o voo que marcou o 10º aniversário de seu primeiro voo, nesta segunda-feira (11).

    O J-20 foi revelado pela primeira vez em novembro de 2016, quando dois caças voaram em formação durante um show aéreo na China.

    Em fevereiro de 2018, a Força Aérea do Exército de Libertação Popular (ELP) da China comissionou oficialmente o J-20.

    Mais:

    Protótipo do novo caça furtivo da China realiza teste de voo (FOTO)
    Recado para Rússia e China? EUA enviarão 150 caças F-35 e F-22 para o Ártico, diz senador
    China caçará submarinos com novo trimarã autônomo (FOTO)
    Tags:
    avião de assalto, avião de ataque, avião de combate, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar