09:19 18 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4323
    Nos siga no

    Um novo vídeo da campanha de recrutamento da Força Aérea chinesa dá novas pistas sobre a aparência do futuro bombardeiro furtivo H-20.

    O que mais se destaca nas imagens é o fato de estas serem as primeiras do novo avião, segundo o jornalista norte-americano Joseph Trevithick.

    A gravação foi publicada pela primeira vez no dia 5 de janeiro pela Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês).

    No vídeo, chamado "Sonho de Juventude", é possível observar como um jovem chinês se alista para servir como piloto da Força Aérea do país.

    As cenas também incluem uma seleção de imagens reais de diversos aviões de combate chineses, concentrando-se principalmente no caça furtivo J-20 de quinta geração.

    No entanto, o que chama mais a atenção é o avião que surge no final da gravação, em um hangar futurista criado por computador, e coberto com um lençol.

    Apesar de não ser revelado completamente, a montagem permitiu distinguir a parte dianteira do avião, refletida no vidro do capacete de outro piloto.

    O jornalista do portal The Drive assegura que a imagem é do bombardeiro H-20, uma aeronave enigmática, cujos detalhes do projeto seguem desconhecidos.

    Reflexo do possível bombardeiro furtivo chinês H-20
    Reflexo do possível bombardeiro furtivo chinês H-20

    Os contornos visíveis da aeronave indicam ser semelhante aos bombardeiros norte-americanos B-2 e B-21.

    De acordo com informações, o bombardeiro H-20 poderia transportar dez toneladas de munição e teria um alcance máximo sem ser reabastecido de aproximadamente 8.000 quilômetros.

    A aeronave também será capaz de transportar armas convencionais de longo alcance, penetrar profundamente o território inimigo e atacar diferentes alvos críticos, como postos de comando e de controle de defesa aérea, bem como aeródromos e outras infraestruturas importantes.

    Mais:

    Forças militares da China ganham poderes de guerra com nova Lei de Defesa Nacional
    Mesmo com oposição norte-americana, UE continua ligada a Rússia e China?
    China rejeita proposta de diálogo de Taiwan, acusando Taipé de 'truques baratos'
    Tags:
    China, bombardeiros, caça-bombardeiro, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, avião militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar