22:32 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    145
    Nos siga no

    O Departamento de Estado dos EUA assinou acordos de venda de armas para o Kuwait, o Egito e a Arábia Saudita, segundo a Agência de Cooperação de Segurança e Defesa (DSCA, na sigla em inglês).

    "O governo do Kuwait solicitou a compra de oito helicópteros de ataque AH-64E Apache Longbow e a renovação de 16 de seus helicópteros de ataque AH-64D Apache Longbow para a configuração AH-64E [...]. O custo total estimado é de US$ 4 bilhões [R$ 20 bilhões]", disse o comunicado da DSCA, divulgado na terça-feira (29).

    Um comunicado separado da DSCA anunciou a aprovação do Departamento de Estado da proposta de venda de peças de reposição, avaliadas em US$ 200 milhões (R$ 1 bilhão), para o sistema antimísseis Patriot atualizado do Kuwait.

    A agência declarou que ambas as vendas estão na linha da política externa e segurança nacional dos EUA, uma vez que contribuem para o reforço das armas de um grande aliado fora da OTAN e são consideradas importantíssimas para a estabilidade política e o progresso econômico do Oriente Médio.

    Venda de sistema de defesa antiaérea ao Egito

    Além disso, os EUA celebraram potencial venda de tecnologia infravermelha para aeronaves ao Egito, avaliada em US$ 104 milhões (R$ 542 milhões), e mais uma venda separada de avançados módulos de mira para aeronaves, avaliados em US$ 64,6 milhões (R$ 336 milhões).

    Helicópteros AH-64E Apache da 16ª Brigada de Aviação de Combate das Forças Armadas dos Estados Unidos
    Helicópteros AH-64E Apache da 16ª Brigada de Aviação de Combate das Forças Armadas dos Estados Unidos
    "O governo do Egito solicitou a compra de um sistema AN/AAQ-24(V)N de Contramedidas Infravermelhas para Aeronaves de Grande Porte (LAIRCM) para proteger um Airbus 340-200, aeronave do chefe de Estado", informou a agência.

    Adicionalmente, a agência relatou a aprovação da venda de avançados módulos de mira para aeronaves militares e equipamentos relacionados para o Egito por cerca de US$ 65,6 milhões (R$ 337 milhões), com a Lockheed Martin sendo designada como a contratante primária.

    Arábia Saudita compra 3 mil bombas

    Em comunicado, o Departamento de Estado também informou que aprovou possível venda de três mil bombas de pequeno diâmetro para a Arábia Saudita, avaliadas em US$ 290 milhões (R$ 1,5 bilhão).

    Segundo o departamento, a Arábia Saudita solicitou a compra de munições GBU-39 SDB I com contêineres, equipamentos e serviços de apoio, peças de reposição e reparação.

    O departamento revelou que a venda proposta ajudará a melhorar "a segurança de um país amigo que continua sendo a força importante para estabilidade política e o crescimento econômico no Oriente Médio".

    Mais:

    Arábia Saudita: 4 novos campos de petróleo e gás foram descobertos, afirma ministro da Energia
    Arábia Saudita amplia proibição de entrada no país por medo de nova variante do coronavírus
    Enviado iraniano no Egito afirma que EUA e Israel estão tentando criar divisão no mundo árabe
    Tags:
    helicópteros, Kuwait, egito, EUA, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar