11:48 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 241
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia publicou oficialmente em seu site uma foto da versão de ataque do drone Orion, que segundo fonte da Defesa, lançou mísseis guiados de pequeno porte pela primeira vez.

    Nesta segunda-feira (28), o drone Orion lançou mísseis de pequeno porte pela primeira vez.

    "Como parte dos testes em curso do complexo de armas para veículos aéreos não tripulados, o Orion conduziu disparos precisos de mísseis guiados contra alvos terrestres. Desta forma, o equipamento se tornou o primeiro drone russo a usar este tipo de armas", afirmou fonte da Defesa.

    A empresa Kronstadt, desenvolvedora dos drones Orion, não comentou estas informações sobre o teste com mísseis.

    O Ministério da Defesa da Rússia, nesta segunda-feira, publicou oficialmente em seu site pela primeira vez uma foto da versão de ataque do drone Orion, com bombas KAB-20 suspensas.

    A munição do drone pesa 21 quilos e possui uma ogiva de fragmentação altamente explosiva de sete quilos, além de ser equipada com satélite ou laser. A KAB-20 é destinada à eliminação de veículos blindados leves e forças inimigas com alta precisão.

    Foto da versão de ataque do drone russo Orion
    Foto da versão de ataque do drone russo Orion

    Além do drone Orion, a publicação inclui fotos do drone de ataque Okhotnik, do caça Su-57, do submarino da classe Borei, do tanque T-90M, do tanque Armata e outros equipamentos.

    O Orion pode permanecer no ar durante 24 horas. Exteriormente, ele se parece com o drone norte-americano MQ-1 Reaper, tendo uma asa semelhante longa e estreita e estabilizador em forma de V.

    O peso máximo da carga é de 200 quilos. Vários tipos de munições de 25 a 100 quilos foram criados especialmente para este drone.

    A altitude máxima de voo é de 7.500 metros, atingindo velocidade de 200 km/h. O drone é dirigido por um operador via canal de rádio, o alcance do sinal é de 250 quilômetros.

    O nome Orion ficou ligado ao projeto após a apresentação de sua versão para exportação, com características reduzidas. Na indústria russa, o aparelho é designado como "Inokhodets".

    Mais:

    Marinha dos EUA está desenvolvendo minas para 'deter' drones nucleares russos Poseidon, diz mídia
    Rússia desenvolve módulo de detecção de drones por ruído
    Novo drone multifuncional do Exército russo: o melhor em campo sob condições de forte interferência
    Tags:
    Rússia, veículo aéreo não tripulado, equipamento militar, drones, drones, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar