01:02 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3580
    Nos siga no

    Força Aeroespacial da Rússia está criando um esquadrão de ataque hipersônico na região norte do país.

    O 98º Regimento Aéreo Misto baseado na cidade russa de Monchegorsk, localizada na península de Kola (Extremo Norte da Rússia), já opera caças bimotores MiG-31.

    No entanto, agora a Força Aeroespacial está modernizando esses interceptadores para o novo padrão MiG-31K a fim de torná-los compatíveis com o míssil hipersônico Kinzhal.

    O míssil, que consegue atingir velocidades de Mach 10 e voar a uma distância de aproximadamente 2.000 quilômetros, é praticamente invulnerável aos sistemas de defesa antimíssil existentes, enquanto a maioria dos mísseis balísticos não é, aponta Forbes.

    Em tempo de guerra, os caças-interceptadores MiG-31 munidos com Kinzhal poderiam bombardear forças importantes da OTAN.

    Tripulação do MiG-31 conduz lançamentos do míssil hipersônico Kinzhal
    Ministério da Defesa da Rússia
    Tripulação do MiG-31 conduz lançamentos do míssil hipersônico Kinzhal

    O primeiro regimento de dez caças MiG-31K, no Distrito Militar do Sul, recebeu mísseis Kinzhal ainda em 2017 para conduzir operações nos mares Negro e Cáspio. Além do mais, este míssil hipersônico pode ser munido com uma ogiva nuclear.

    De acordo com a revista americana, se MiG-31 lançarem mísseis Kinzhal por cima de território russo, eles poderiam atingir alvos em todos os países da OTAN na Europa a leste da França. E não parece que Kinzhal seja a única munição da Rússia de ataque profundo.

    "[O míssil] deve ser encarado no contexto de outros sistemas de longo alcance, tais como [os mísseis de cruzeiro] Kalibr e Tsirkon", disse Hans Kristensen, especialista nuclear da Federação de Cientistas Americanos em Washington, EUA.

    Especialista acrescentou ainda que "estes sistemas são projetados para esmagar as defesas com sua quantidade, furtividade e velocidade".

    O Kinzhal é uma versão modificada do míssil balístico do sistema Iskander adaptada para lançamento a partir de bombardeiros Tu-22M3 e caças MiG-31K.

    Mais:

    Oficial iraniano afirma que físico nuclear Fakhrizadeh foi assassinado com arma da OTAN
    Caça MiG-31 intercepta avião de reconhecimento da Noruega perto da fronteira russa no Ártico
    Chancelaria da Rússia apela para retirada total de armas nucleares dos EUA da Europa
    Tags:
    Kinzhal, MiG-31, armas russas, OTAN, míssil hipersônico, Força Aérea da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar