12:10 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2182
    Nos siga no

    O Departamento de Defesa dos EUA perdeu milhões de dólares em equipamentos militares fornecidos ao Exército afegão, e não tem um mecanismo eficaz para recuperá-las.

    "O Sigar [Inspetor Geral Especial dos EUA para Reconstrução do Afeganistão] encontrou que o CSTC-A [Comando de Transição de Segurança Combinado – Afeganistão] criou um inventário de apenas 40% dos artigos aplicáveis durante o período de 365 dias desde maio de 2019 até abril de 2020", segundo comunicado.

    Fuzileiro naval dos EUA gesticula durante uma operação militar em Marjah, província de Helmand, 21 de fevereiro de 2010
    © REUTERS / Goran Tomasevic
    Militar da Marinha dos EUA em operação no Afeganistão

    Além disso, foi observado que o comando não havia relacionado ao menos 678 dos 12.681 equipamentos ativos sujeitos a melhorias de monitoramento de uso final desde o início do ano fiscal de 2017.

    "Segundo funcionários do CSTC-A, o comando nunca cumpriu com seu requisito do inventário de 100% e é pouco provável que cumpra, já que a situação de segurança no Afeganistão impede que sejam realizados alguns inventários", adiciona.

    Sem os inventários requeridos de aproximadamente 60% dos artigos transferidos, onde se encontram os mais sensíveis de todos os equipamentos da defesa enviados ao governo afegão, o comando carece de uma recontagem completa dos elementos em uso pelas Forças de Segurança e Defesa Nacional afegãs.

    Mais:

    Por que resultados das conversas de paz no Afeganistão dependem das eleições nos EUA?
    EUA conduzem ataque aéreo contra Talibã no Afeganistão, diz porta-voz norte-americano
    Afeganistão alega ter matado um dos principais líderes da Al-Qaeda
    Tags:
    Afeganistão, equipamentos militares, armas, Departamento de Defesa dos EUA, Pentágono
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar